26 de out de 2010

Outono

Manhã de outono
As folhas das árvores caem eventualmente, faz parte de um processo de renovação da natureza. Mas o outono não é só a queda das folhas das árvores, seguida pela queda das temperaturas: as folhas, antes de tombarem definitivamente e sinalizarem o adormecimento invernal da árvore, apresentam tonalidades diferentes, passando do verde ao âmbar, ao amarelo forte, ao vermelho. E foi assim, no início de outubro, que finalmente conheci o outono.

Outono em Montpellier
Chegamos na primavera, as folhas ainda não tinham começado a brotar, mas não tardou muito para que isso acontecesse. Veio o verão, o calor, a paisagem não apresentou muitas novidades. Mas o outono, que maravilha, que espetáculo de cores! E não somente as folhas embelezam, mas toda a composição do azul do céu da Provença com as copas de árvores amareladas, avermelhadas, alaranjadas e os raios de sol ao entardecer proporcionam uma paisagem calorosa, prenúncio irônico do frio que nos espera em novembro.



A primavera teve o poder de me encantar, mas o outono me seduziu definitivamente com seu festival de cores que aquecem o coração, talvez um presente que a natureza nos dá pra podermos suportar um pouco melhor o inverno...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estarei de férias no período de 27/04/2017 a 12/05/2017, os comentários feitos nesse período podem demorar mais que o normal para serem respondidos.

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.