18 de jan de 2011

Côte d'Azur, o último passeio


Cannes (ser fotógrafo tirou o Guiu da foto!)
O último fim de semana de mamis, irmão e cunhado na França foi coroado por um sol maravilhoso que iluminou o sul do país. Faltava um derradeiro destino incontornável: a Côte d'Azur. Partimos pro nosso destino sábado meio dia e uma hora e meia mais tarde estávamos na Boulevard de la Croisette, endereço badalado de Cannes que recebe os famosos pro festival de cinema.

Le Masque de Fer
A cidade parecia não ter sido tocada pelo inverno: a temperatura em torno dos 20° nos permitiu um passeio sem casacos pesados. O primeiro sábado de liquidação levou multidões às ruas e lotou a cidade, e logo após o almoço fugimos da multidão e fomos conhecer a torre onde teria se refugiado o homem da máscara de ferro. Depois de algum tempo por ali, seguimos viagem até Nice, onde passamos a noite.

Nice
O sol estava se pondo quando chegamos à Nice. Deixamos nossas coisas no hotel e fomos passear pela Promenade des Anglais, avenida beira-mar da cidade, que é igualmente bela durante a noite. Depois de caminhar tranquilamente pela avenida, fomos procurar um restaurante pra jantar, e voltamos cedo pro hotel porque o domingo seria o último dia de passeio mas também o dia pra arrumar as malas, já que a saída pro aeroporto seria cedo, antes das 9 da manhã de segunda.

Bernardo e Guilherme
Acordamos cedo, tomamos o café da manhã e fomos passear por Nice com um belo sol e uma agradável temperatura de 22° e foi durante esse passeio que constatei que realmente o inverno não chega à Côte d'Azur, e algumas pessoas no mar comprovaram isso... Em Nice eu tive uma pequena demonstração do quanto a felicidade está na coisas simples, em observar o mar, as pedras na praia, em encontrar-se em um lugar sonhado, ao observar a alegria estampada no rosto de minha mãe, ao ve-la feliz, leve e resplandecente, quase uma criança que vê pela primeira vez o mar... Não me lembro de tê-la visto assim tão feliz como nesse dia... Passamos a manhã na beira-mar da cidade e partimos pra Monaco antes de meio dia.

Mamis e irmão
Monaco é um pedacinho de terra com uma vista maravilhosa pro Mediterrâneo e com uma enorme concentração de gente extremamente rica, rica de uma forma que nem consigo imaginar. Depois de percorrer meu circuito de F1 favorito, estacionamos perto da piscina olímpica, que se transformou em pista de patinação no gelo no início do inverno, e fomos almoçar, nosso último almoço em família, e só agora, ao redigir este texto, me dou conta disso...

"We all live in a yellow submarine"
Andamos calmamente pelo porto e nos dirigimos ao Museu Oceanográfico de Monaco, um dos lugares mais interessantes que já visitei, que conta com descobertas feitas pelo príncipe Albert I durante suas expedições e com um majestoso aquário, que abriga inclusive uma moreia que foi encontrada em 1968 já em seu tamanho adulto, e fica bem quietinha em seu aquário, com sua idade inestimada... Um lugar de onde não tivemos vontade de sair, que nos encantou a todos, mas que fomos obrigados à deixar porque era necessário enfrentar a estrada de volta à Aix, a preparação das malas, o início da despedida dos familiares queridos que passaram um mês intenso conosco...

Poisson scorpion

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.