30 de jun de 2011

Bravo!!


Cours Mirabeau, avenida charmosinha de Aix-en-Provence, noite de uma terça feira quente de verão, 21h30. Restaurantes cheios, tanto em seu interior como nos espaços ao ar livre, onde se aproveita a brisa quente e os últimos raios de sol. Gente de todas as idades, em todas as esquinas, sentadas ao lado das fontes, pelos degraus que ladeiam a rua, conversando, lanchando, bebendo, pensando, todos aguardando o mesmo evento que daria sucessão ao por do sol.

A estrela da noite não estava no manto celeste, mas bem perto do público, aos pés da estátua do amante das artes Roi René, talvez uma homenagem simbólica ao conde da Provence que alimentava paixão pela música e era querido dos provençais. Cadeiras devidamente dispostas, instrumentos cuidadosamente arranjados esperando aqueles que nos proporcionariam uma bela noite musical.

Não tardou e os músicos tomaram seus lugares. Em pouco tempo, árias de “La Traviata” silenciaram os presentes de todas as idades, e a apresentação que abriu o Festival d'Aix foi executada por nada menos que a London Symphony Orchestra. Por aproximadamente 60 minutos o calor foi esquecido, o fato de estarmos em grande maioria de pé não parecia fazer a menor importância, e os pássaros e animais faziam figuração perfeita num cenário inusitado pra apresentações de ópera.

A festa da música no dia do solstício tinha sido só o prelúdio do que a cidade tem pra propor ao longo da estação mais quente do ano : muita música, pra todos os gostos, por toda a cidade. E a alma agradece esse presente...





Um comentário:

  1. Libiamo! Bravíssimo!!! Queria estar aí pra ouvir La Traviata...

    ResponderExcluir

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.