18 de jun de 2011

Fogueiras, música e lavanda


E o verão tá logo ali, esperando depois da curva do fim de semana, e seu anfitrião está pronto pra nos recepcionar por mais de 16 horas no solstício de verão, aquele dia em que toda a França se enche de música pra festejar a chegada da estação mais quente do ano com a Festa da Música, movimento lançado pelo Ministério da Cultura francês em 1982 com objetivo de mobilizar os músicos amadores espalhados pelo país. Em 1985 a festa ganhou a Europa durante o ano europeu da música, e em quinze anos, mais de cem países pelo mundo a incorporaram ao calendário.

Buscando um pouco mais de informação sobre a festa da música acabei me deparando com o seguinte fato: a festa do solstício coincide com a festa de são João. Ora, nas festa de são João, acendemos fogueiras. Os celtas acediam fogueiras, assim como os escandivávios, fenícios e sírios o faziam nesta mesma data, para celebrar a chegada da estação estival, as colheitas, o amor. Como são João entrou na história, ganhou bandeirinhas, pé-de-moleque, barraquinhas e virou arraial ? Pois bem, “senta que lá vem a história”...

Breve resumo da saga junina : As fogueiras do solstício eram celebrações pagãs, e com o crescimento do poder da igreja as festas pagãs tinham de ser varridas do mapa. Assim como Jesus, João Batista tinha sido uma pedra nas sandálias romanas, e por isso, foi decapitado (acho que isso de cortar a cabeça os franceses herdaram dos romanos) e virou rtir. Tempos depois, foi um trabalho de associar as fogueiras pagãs ao santo, de modo que os cristãos adaptassem sutilmente as celebrações pagãs, sem as eliminar. São João é festejado com fogueiras, os casais não fazem amor como nos tempos antigos, mas pulam a fogueira para trazer sorte no amor, e a festa foi se espalhando por vários países, atravessou o atlântico nas embarcações dos colonizadores, e chegou até nosso Brasil.

Voltando ao século XXI, terça feira próxima celebraremos o ínicio do verão com muita música pela cidade, pôr do sol às 21:58, cheiro de lavanda trazido pela brisa morna que invade os ares, churrascos e confraternizações nas varandas e quintais e dia 23 de junho tem a festa de são João na cidade, mesmo estando no século XXI, ainda assim seguimos as tradições antigas, pagãs, e celebramos a estação da vida...




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estarei de férias no período de 27/04/2017 a 12/05/2017, os comentários feitos nesse período podem demorar mais que o normal para serem respondidos.

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.