7 de fev de 2012

Corra do inverno!

O frio tardou, tardou, mas chegou, e pra tirar o atraso, chegou vindo da Sibéria e derrubando drasticamente o mercúrio na França inteira, fazendo nevar onde não é habitual e obrigando a gente a exercitar nosso lado cebola e se vestir com diversas camadas, exercício muito difundido nos blogs de moda mundo afora (Man Repeller é minha referência de camadas vestimentárias, mesmo que eu não consiga usar um terço do que ela propõe pra um look). Enfim, o frio muda bastante nossa rotina, mas não impede de ir trabalhar ou estudar, e nem de praticar esportes, mas pra esta última atividade a força de vontade é o único fator que nos impulsiona porta afora e por isso a mais fácil de ser burlada, né? Talvez...

E quando a gente acorda, olha pro termômetro e vê ele marcando 4°? Toma café da manhã feliz da vida achando que a frente fria siberiana foi embora e que a previsão do tempo se enganou, só que não. Na verdade, o termômetro marcava -4°, mas só descobri isso quando já estava toda pronta, cheia de roupas pra correr no inverno, gorro, máscara, luvas e meias bem quentes e fui verificar a temperatura de novo antes de sair, e neste momento percebi meu erro: esqueci de ver o sinal negativo na frente do número. Na verdade, o termômetro que temos aqui não marca a temperatura exata porque ele fica num lugar meio tendencioso no jardim, mas a gente tem uma noção. Então, quando coloquei meu nariz (devidamente mascarado) pra fora, a temperatura real era de... -10°, isso porque estamos na Provence!

O importante é se agasalhar bem, e pra isso luvas e gorro são um complemento excelente porque protegem bem as extremidades, que são onde geralmente mais sentimos frio. Nos pés, meias quentes (as de ski são excelentes) e os tênis de corrida mesmo. Calça própria pra temperaturas baixas, e quanto às blusas, foram várias camadas: top, camisa de algodão, pullover de poliéster que toda loja de esportes tem nesta época, e um casaco impermeável pra manter o corpo bem aquecido e proteger do vento. Além de tudo isso, como por aqui a umidade é muito baixa, usei minha bandana como máscara pra proteger nariz e boca, porque respirar o ar glacial cortante é difícil!
Praticamente toda coberta!
Pra terminar, o mais importante de tudo: se não corria antes, não invente de começar logo no inverno, né! Eu gosto do frio, confesso que pra mim é mais fácil e confortável (sim, a palavra é essa mesma, acho confortável!) correr com temperaturas baixas porque no calor meu desempenho não é tão bom, me canso com maior facilidade e no verão chego a parar de correr por um tempo porque, com a duração prolongada dos dias, ou seja, com o solzão brilhando com toda sua força e deixando a temperatura sempre acima da casa dos 30° prefiro pedalar, assim quando chegamos em um descida o ventinho refresca! Como não sou a única a correr no frio, me encorajo e me inspiro sempre que vejo outros fazendo o mesmo, inclusive em lugares onde tem bastante neve! E se a gente sobe a montanha pra esquiar ou fazer snowboard, que mal tem em enfrentar o frio pra correr quando não está na montanha? Bora correr no inverno pra espantar o frio!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.