17 de fev de 2012

Endívias e algumas receitas


Tenho um pouco de preguiça de comer salada no inverno, pra falar a verdade, no verão também, alface é uma verdura que raramente compro, mas sempre tenho muitos legumes em casa e saladas fazem parte das nossas refeições em dias quentes, mas no inverno prefiro fazer os legumes gratinados ou refogados, e a endívia é a folha perfeita pra isso! Ela lembra o repolho verde na cor, aquele verde bem desmaiado, quase branco, mas o sabor é bem diferente, tem um amargo que aos poucos descobri como "domar", e como é uma verdura de inverno aproveito pra dar asas à imaginação e deixo o paladar viajar um pouco testando variações diferentes sobre o mesmo tema!

Mas antes da receita, apresentações são necessárias, já que a verdurinha não é tão conhecida em terras tupiniquins, apesar de eu ter visto nos supermercado da última vez que fui ao Brasil, não é tão comum na nossa mesa de salada do dia-à-dia, não é mesmo? A endívia é da família da chicória e da escarola (essas a gente conhece, né!), mas esta "qualidade" (rs, sempre quis falar assim), este tipo de endívia que comemos aqui é típico da França e da Bélgica, então podem usar as primas brazucas pra receita porque o resultado final vai ser parecido, já que todas tem o amertume típico!

Mas o que fazer quando o gostinho amargo da endívia não agrada e a gente quer comer ela numa saladinha crua? Aprendi que esse gostinho fica bem no meio da planta, e algumas astúcias ajudam a resolver o problema, e a primeira delas é cortar um pedacinho da base do pé da endívia, 1cm aproxidamente, lavar bem em água gelada. Depois, eu corto em 4 pedaços, e tiro mais um pedaço do caule, que é a parte amarga mesmo, e lavo mais em água gelada. Pra salada é só picar a endívia bem fininha e temperar com azeite e vinagre, muito bom!


Quanto à preparação dela pra gratinar, depois desse processo de limpeza, deixo a endívia cozinhar por uns 10 minutos, depois tiro o excesso de água, disponho numa forma de vidro e cubro com um molho branco (béchamel: derreter 30g de manteiga, adicionar 30g de farinha de trigo e misturar bem, e por fim adicionar 250ml de leite frio e misturar até ferver. Tempere com sal e pimenta do reino à gosto), alguns tomates cereja pra dar um gostinho doce ao prato e um pouco de queijo ralado, durante meia hora no forno à 180°.

Uma outra forma de preparar é refogar a endívia picada com um pouco de manteiga por aproximadamente 10 minutos. Pra um jantar que preparei tendo como ingrediente comum a laranja pra entrada, prato e sobremesa, fiz as endívias refogadas com um pouco de suco de laranja e tomates cereja, ficou muito gostoso porque neutralizou o sabor amargo da verdura! Fica a dica pra uma salada adaptada ao frio e um ingrediente diferente no prato! Bon appétit!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUERIDOS LEITORES

Os comentários estão provisoriamente fechados pois trabalhamos na migração do blog. Por favor, envie sua pergunta para contato@destinoprovence.com

Agradeço a compreensão.

Natalia Itabayana

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.