5 de nov de 2012

A feira provençal de Isle-sur-la-Sorgue


Português/Français

Há poucos dias ganhei de presente de uma amiga um livro de receitas provençais, cuidadosamente embrulhado num pano de prato da região - a amiga em questão sendo também provençal e sabendo do meu gosto por descobertas culinárias e minha paixão pela região, me disse que seria uma excelente forma de explora-la também usando o paladar. Ela acertou em cheio no presente, e enquanto eu passava os olhos pelas páginas descobrindo as receitas, vendo as que já experimentei e pesquisando qual seria a escolhida para o jantar, quando percebo que o livro não tem somente receitas, mas também fala um pouco sobre os costumes, festas e outras "provençalidades", e em uma das páginas lia-se uma listinha das feiras excepcionais da Provença, que são seis, escolhidas pelo extinto Conselho Nacional de Artes Culinárias, que escolheu 100 feiras em todo o país às quais o tal selo foi conferido pela qualidade dos produtos ali encontrados mas também pelo ambiente acolhedor e animado.

Il y a quelques jours une amie m'a offert un livre de cuisine provençal, soigneusement emballé avec un torchon provençal - superbe cadeau il faut le dire, l'amie en question connaissant ma passion pour la cuisine et pour sa région également, m'a dit de publier mes essais sur le blog et a rajouté que la cuisine est aussi une façon de découvrir une région. Nul besoin de dire que ce cadeau a tombé à pique car justement je voulais découvrir un peu plus les recettes provençaux, et pendant que je le feuilletait émerveillée à la vue de toutes ces recettes très appétissantes, une page me saute aux yeux: les marchés provençaux, et plus particulièrement les marchés d'exception.



Fazendo uma forcinha dá pra ver que as casinhas da esquerda estão fora de prumo

Quando vi que umas das seis cidades provençais em questão, ficava não muito longe daqui, e do lado de Fontaine de Vaucluse, uma lindeza de cidadezinha que fica às margens do transparente rio Sorgue, onde fizemos um passeio de caiaque muito bacana, anunciei que o passeio de domingo seria a feira de Isle-sur-la-Sorgue (ilha sobre a Sorgue, em tradução livre), sem mesmo me importar com a previsão do tempo que anunciava dia nublado e chuvoso. Já no caminho a paisagem outonal faz a gente esquecer que, a qualquer momento, toda aquela nuvem vai vir abaixo e possivelmente vai atrapalhar o passeio. Chegando na cidade tivemos um primeiro indício de que a feira de fato é bem reputada: carros de vários departamentos e até de outros países, e uma certa dificuldade pra encontrar uma vaga. Assim que estacionamos nem me dei ao trabalho de ligar gps do celular, já tinha visto o rio Sorgue e, sendo a cidade uma ilha sobre este rio, bastou seguir em direção ao coração da mesma e intuitivamente seguimos e acabamos chegando no coração da feira.

Quand j'ai vu que sur la liste des six villes provençales où l'on peut découvrir les produits d'exception, figurait l'Isle-sur-la-Sorgue, qui  n'est pas très loin d'Aix, je n'ai donc pas hésitez à y proposer un petit tour le dimanche matin, histoire de retourner dans la région de cette rivière où l'année dernière nous avions fait do kayak, à Fontaine-de-Vaucluse, une ville que nous avons trouvé super charmante, si charmante même que, malgré la petite distance entre Fontaine et l'Isle nous n'avons pas pu aller à cette dernière tellement nous étions sur le charme de la première. Même si la météo annonçait un peu de pluie pour le dimanche choisi (en novembre on ne peut pas espérer autrement), la route se montrait à nous très colorée, les teintes automnales des arbres nous faisant vite oublier le ciel gris au dessus de nous. Lorsque nous arrivions dans la ville on peut vite comprendre la réputation de ce marché: voitures qui venaient de plusieurs départements et même de l'étranger, et une certaine difficulté pour se garer.




E o que tem de mais nessa feira? A primeira vista, é uma feira provençal como qualquer outra que podemos encontrar na região: tem produtos típicos, artesanato, comidinha de feira, legumes, frutas e salames (muitos salames!), mercado das pulgas, antiguidades (e não somente na feira, há vários antiquários à margem do rio), feirantes sorridentes que te convidam pra experimentar todos os produtos da banca e ainda brincam com seu cachorro - claro que a Luna acompanha a gente em tudo! - sabonetes de Marseille, brinquedos infantis e tudo mais que podemos encontrar numa feira, com o diferencial de que esta ocupa praticamente todas as ruas principais do centro da cidade e ainda se estende pelas margens do rio, e dividir a atenção entre tantos produtos e um rio de águas impressionantemente transparentes é tarefa um tanto difícil.

Et qu'en a-t-il de si spécial dans ce marché ? Il semble que tous ce qu'on trouve là-bas peut être trouver dans n'importe quel marché ailleurs, mais c'est un erreur ; l'on trouve certes tous les produits régionaux, l'artisanat, les antiquités (et pas que au marché, il y a plusieurs boutiques dédiées aux produits d'antan sur le quais), la brocante, les gens souriants, tout un ensemble qui donne une bonne ambiance à un marché que l'on croirait ordinaire, mais qui ne l'est absolument pas. Tout le centre ville est occupé par les marchands et leurs produits, et il est effectivement une tâche très difficile que de partager son attention entre les produits et le cadre magnifique dans lequel ce marché a lieu..






Percorremos todas as ruas por onde vimos bancas de feira e ao mesmo tempo apreciamos a arquitetura da cidade, bem provençal com as janelas coloridas e decoradas com flores, fachadas um pouco fora de prumo que sempre me fazem rir mas que sempre falho em retratar, tudo isso emoldurado e, por vezes, entrecortado pelo riozinho que tem sua nascente a apenas poucos quilômetros dali, e não pude deixar de pensar que Isle-sur-la-Sorgue poderia ser uma espécie de mini-Veneza provençal - o título de Veneza francesa fica com a charmosa Annecy. Nosso passeio pela feira teve início em frente à igreja, e neste mesmo local ele terminou, não sem antes eu atingir meu real objetivo, que ia além da simples visita à feira: queria comprar cogumelos, não os champignons de Paris que encontramos igual batata nos supermercados por aqui (sem desmerecer ambos), mas outros tipos, aproveitando que estamos na época dessas delícias. Escolhi uma banquinha qualquer, separei algumas frutas porque a cestinha de casa estava vazia, e dali retornamos para almoçar um risotto de chanterelles, o tipo de cogumelo escolhido, naquele chuvoso domingo de novembro. Se os cogumelos são realmente excepcionais eu não posso garantir porque nunca tinha experimentado esse tipo antes, mas que as uvas que comprei por lá foram as melhores que já comi até hoje, isso eu posso garantir!

Nous avons fait le tour complet du marché tout en faisant bien attention à l'architecture de la ville, typiquement provençale avec ses fenêtres joliment colorées et décorées, les façades un peu inclinés qui me font toujours une drôle d'impression qu'elles vont tomber et que j'ai du mal à en prendre en photo, la rivière qui partage sa place avec les rues et les immeubles et me donne l'impression d'être dans une mini-Venise provençale, et nous sommes revenus à notre point de départ, l'église. Mais je n'avais pas l'intention de quitter le marché les mains vides, alors nous nous sommes arrêtés pour quelques fruits et un peu de chanterelles - j'ai quand même fait la route, il fallait bien acheter quelque chose ! Je ne peut pas dire si les produits sont d'exception, en tout je n'ai pas l'expertise pour en dire autant, mais d'une chose je suis sûre: les raisins que nous avons achetés sont les meilleurs que j'ai goûté jusqu'à présent !



As feiras que receberam a menção "excepcionais" na Provença acontecem nas seguintes cidades:
- Isle-sur-la-Sorgue, todas as manhãs de domingo;
- Carpentras, todas as manhãs de sexta-feira;
- Apt, todas as manhãs de sábado;
- Coustellet, feira campestre todas as manhãs de domingo entre 23 de março e 23 de dezembro, e feira noturna todas as quartas-feiras entre 17h e 19h30 de 30 de maio a 5 de setembro;
- Maubec, todas as manhãs de domingo entre o início de abril e o fim de dezembro;
- Velleron, todos os dias (exceto domingos e feriados) à partir das 18h, do início de abril até o fim de setembro; entre outubro e março à partir de 16h30 todas as terças, sextas e sábados (exceto feriados).

Isle-sur-la-Sorgue fica a 65km de Aix-en-Provence, a 25km de Avignon e a 88km de Marseille. Sugiro aproveitar a oportunidade e esticar o passeio até Fontaine-de-Vaucluse, a 8km dali, pra conhecer a nascente do rio Sorgue, e se o dia estiver quentinho é possível inclusive fazer um passeio de caiaque nas águas calmas e cristalinas do rio!

Les marchés d'exception en Provence:
- Isle-sur-la-Sorgue, tous les dimanches matin;
- Carpentras, tous les vendredis matin;
- Apt: tous les samedis matin;
- Coustellet: tous les dimanches matin entre le 23 mars et le 23 décembre, et le marché du soir tous les mercredis entre 17h et 19h30 du 30 mai au 5 septembre;
- Maubec, tous les dimanches matin entre le début d'avril et la fin décembre;
- Velleron, tous les jours (sauf dimanches et jours fériés) à partir de 18h du début avril jusqu'à fin septembre; entre octobre et mars à partir de 16h30 tous les mardis, vendredis et samedis (sauf fériés).

Destino Provence também está no Facebook com mais fotos, informações e dicas, curte lá!

17 comentários:

  1. Delícia!!!
    Natália, já havia feito uma pesquisa sobre essa cidade e ela estava na minha lista. Daqui de BH peguei carona novamente e conheci a feira com você...rsrsrsrs
    Acho uma belezura essas cidades cortadas por rios e canais.
    bjsss!!!

    Leonor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leonor, tenho uma grande lista de textos a serem publicados aqui, mas me encantei tanto com essa feira e a cidade que este texto teve que furar a fila!
      Vale inclui-la no roteiro, com certeza, assim como a vizinha Fontaine-de-Vaucluse!

      Excluir
  2. Adoro todos esses tipos de feiras, e em Provence até as cores são diferentes, o ar, tudo! Jah ouvi muito falar dessa cidade, mas nunca nem passei perto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade que as feiras da região são uma atração à parte! Acho que vale incluir no roteiro da Provence uma visita ao marché de Isle-sur-la-Sorgue e um pulinho na nascente do rio Sorgue em Fontaine-de-Vaucluse - e quem sabe se aventurar num passeio de caiaque pelo rio? Na verdade é bem tranquilo, até nossa cachorrinha foi com a gente!

      Excluir
  3. Oi, Nat. Tudo bem? :)

    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Natalie - Boia Paulista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Natalie!!
      Que bom que o post foi selecionado, fico super feliz!!
      Obrigada!!

      Excluir
  4. Ei Natalia,

    Que passeio mais bacana! Adoro feirinhas e mercados. É uma ótima oportunidade de se sentir um local! E essa feirinha ainda tem um cenário super bonito!

    Beijos,
    Lillian.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Lillian!
      Estou resgatando isso de ir à feira, quando era criança costumava acompanhar meus avos ao mercado central e nunca entendia porque eles preferia ir la ao invés de ir nos supermercados comprar tudo semi-preparado e pronto. Até eu ter meu canto, criar meus habitos e ver como na feira tem uma interação que no supermercado não tem, o feirante que te oferece o produto pra provar, que te faz agrados, conversa, mesmo tudo isso se tratando de estratégia de venda, acho que da um pouco de cor e vida à uma tarefa do cotidiano que pode ser chata pra muitas pessoas.
      Quando viajo também gosto de fazer pelo menos uma coisinha que seja da rotina das pessoas que moram no lugar, nem que seja pra fazer de conta que também moro ali :) O cenario também é recompensante, mesmo com o dia nublado!
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Oi Natalia!

    Estive na Provence em 2008 e me recomendaram essa feira. Meu marido até hoje tem saudades, e olha que quem gosta de feirinhas sou eu! É gigante mesmo, e tanta coisa linda!

    Como você a compararia às feiras provençais de Aix-en-Provence? Estaremos em Aix rapidinho no início de outubro e devemos pegar a feira de terça-feira. Encontraremos o mesmo esquema de artesanato, cacarecos, queijos, em tamanho reduzido? Obrigada desde já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Adriane!
      A feira de Aix tem tudo isso sim espalhada em diferentes pontos do centro da cidade, só acho a parte de antiguidades mais reduzida.

      Excluir
    2. Ah que ótimo! Era tudo o que eu precisava saber. Vou aproveitar muito essas feiras de Aix no pouquinho de tempo que teremos! Obrigada!

      Excluir
  6. Natália, boa noite
    eu acho os produtos da pro vence paris?

    Obrigado.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Natália! estou planejando uma viagem à Provence em julho e ando "devorando" teu blog rsrsrs
    Teus posts a respeito das feirinhas são uma delícia... Os "marchés" do interior da França são mesmo "incontournables"... Isle-sur-la-Sorgue parece imperdível! Abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi, Nat, tudo bem? Estou indo para ISLS dia 1 de Maio.
    Pelo que vi, é feriado na França.
    Sabe me dizer se a feira irá acontecer mesmo assim?
    Beijos e muito obrigada! Marina

    ResponderExcluir
  9. Olá Natália, tenho um blog de viagens, e estava fazendo um post da minha última viagem a Provence. Fiquei em dúvida quanto aos dias do Marché de Isle Sur la Sorgue, e quando procurei no google, te encontrei. Nao poderia deixar de te parabenizar pelo site, pois quando fui planejar minha viagem a Provence, não havia encontrado esse espetáculo de post.

    ResponderExcluir

Estarei de férias no período de 27/04/2017 a 12/05/2017, os comentários feitos nesse período podem demorar mais que o normal para serem respondidos.

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.