21 de mai de 2014

Verão na Provença: como se vestir?


Muitos amigos que vieram nos visitar durante o verão comentaram que não imaginavam que pudessem sentir calor no velho continente. Durante meu primeiro verão por aqui, só sosseguei quando encontrei o par de sandálias ideal para as caminhadas longas que fazemos quando vamos às calanques entre Marseille e Cassis. Meus pés devem estar super quentes durante o inverno, e praticamente descobertos quando as temperaturas sobem. Vestir-se para o verão provençal é menos complicado para os brasileiros do que pode parecer durante a primavera, porque associamos a presença do sol à temperaturas altas e relativamente constantes ao longo do dia, mas na estação das flores as variações são grandes entre manhã, tarde e noite, e assim o sol brilhando não é necessariamente sinônimo de calorão na primavera, e a necessidade de termos um casaco leve em mãos é grande.

Não significa que devemos esquecer completamente o casaquinho no verão - não custa nada ser precavido, e sabendo que o mistral não tem data ou época do ano para soprar, e faz a sensação térmica cair cerca de 5°, vale a pena ter ao menos um agasalho leve na bagagem, mesmo vindo para a Provença durante o verão, quando as temperaturas chegam facilmente aos 35°. Sim, faz calor na Europa! 

Temperaturas no verão

As variações de temperatura aqui na Provença são menos importantes no verão: enquanto durante a primavera vemos o mercúrio do termômetro subir de 0° aos 20° num mesmo dia, no verão temos manhãs mais frescas, mas a temperatura já fica acima dos 20° e chega facilmente aos 30° no meio do dia. Os três meses do verão - junho, julho e agosto - são os menos chuvosos do ano, uma preocupação a menos para quem prepara as roupas para viagem. Vale lembrar que o clima da Provença é bem seco, e a umidade do ar muito baixa, o que pode causar desconforto.

Conforto é a palavra de ordem, e não existe um código severo de "como se vestir": é comum vermos pessoas com shorts, bermudas, camisetas e sandálias visitarem igrejas, o que é inconcebível na Itália, por exemplo - onde também faz um calorão no verão. A proximidade com o litoral - estamos a 30km da costa mediterrânea - deixa o estilo de se vestir mais flexível durante o dia, mas à noite vale trocar as sandálias baixas e chinelos por sandálias de salto, e tênis para os rapazes - não vale tentar entrar de havaianas na balada, o pessoal barra na porta mesmo.

A época é propícia para abusar dos tecidos leves, camisetas, vestidos e saias para o público feminino, e bermudas e camisetas para a ala masculina. Ambos com sandálias nos pés, óculos escuros e um chapéu de palha para dar charme e proteger o rosto do sol (é um erro achar que sol europeu não queima, protetor solar é indispensável!). Encontre seu lugar à sombra num terraço de bistrot, sob uma árvore em um parque para a hora do piquenique ou estenda a toalha numa praia do mediterrâneo e desfrute da estação mais ensolarada do ano! Anote: 21 de junho é o dia mais longo do ano e acontece a Festa da Música, que marca o início oficial do verão europeu e agita todas as cidades da França!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.