3 de dez de 2014

Salão do vinho e da gastronomia de Marseille

Vinhos e gastronomia são duas palavrinhas que definem bem parte da cultura francesa. Há 20 anos Marseille é palco de um evento que reúne os melhor do vinho e da gastronomia das diversas regiões do país e de outros países europeus, e que a cada ano cresce tanto em termos de visitantes quanto em número de expositores: o Savim, Salão do Vinho e da Gastronomia de Marseille, que acontece geralmente no terceiro fim de semana de novembro, no Parque Chanot. Essa foi nossa terceira visita ao salão, e aproveitamos o domingo preguiçoso pra experimentar as novidades dos produtores e conhecer novos expositores.



O salão acontece durante 4 dias, de sexta a segunda-feira, sendo que o último dia é aberto apenas a profissionais, geralmente da restauração e cavistas. A proposta do salão é promover o encontro entre o público, seja ele particular ou profissional, e os produtores, que oferecem seus produtos para degustação, sendo uma excelente vitrine do trabalho do produtor. É também uma oportunidade pra aprendermos mais sobre a cultura do vinho, as melhores formas de propor harmonizações, e aprender novas receitas, além de conhecer aspectos e produtos típicos das mais variadas regiões - o que pode inclusive render um belo roteiro de viagem. 

Além da degustação dos produtos vendidos, é possível ainda almoçar ou lanchar no local, seja nos stands de alguns restaurantes, inclusive na novidade do restaurante gastronômico do chef Sébastien Richard, que tem restaurante em Istres, e que propôs um menu com preços bastante convidativos - mas descobrimos o restaurante depois de termos almoçado, e o lugar estava cheio e uma fila se formou quando passamos por lá, fiquei bastante curiosa pra experimentar. O difícil é escolher onde comer entre tantas opções deliciosas, e encontrar mesa livre! O stand que vende queijos e aligot, que é um purê de batatas com queijo de leite de vaca fresco - uma delícia - é um dos mais concorridos, sempre tem uma fila bem grandinha, mas vale muito a pena a espera!

Aligot, o purê de batatas com queijo fresco, sendo preparado na hora no stand


A edição de 2014 marcou os 20 anos do salão marselhês, que se expandiu e ganhou espaço no saguão vizinho, onde estava montado o restaurante gastronômico e onde pudemos conhecer novos expositores. Voltamos pra casa com vários cartões de visitas, um pedaço de queijo de cabra da Córsega - delicioso!! - e algumas garrafas de vinho que foram direto pra cave. Alguns dos produtores eram de Marseille e da região, e foi uma boa oportunidade pra descobrirmos onde comprar queijo corsa, ou ainda frutas cristalizadas e nozes deliciosas, e conhecer o chocolate que é especialidade de Marseille, feito à base de azeite provençal, uma festa pras papilas!

O salão também tem uma edição de primavera, que acontece desde 2003 por volta do terceiro fim de semana de março, mas ainda não tivemos oportunidade de ir - sempre estamos fora na época, coincide com muitas das nossas viagens pra montanha. Seja na edição outonal ou primaveril, o valor da entrada é de 8€ e inclui a taça para degustação nos stands de vinhos. A degustação dos produtos é gratuita, apenas os cursos de iniciação - que acontecem 3 vezes por dia e devem ser reservados com antecedência - são pagos, tarifa de 7€ por pessoa. Também é possível retirar os convites diretamente no site do salão, dispensando o pagamento do ingresso. Cada convite dá direito a duas entradas, e pagamos apenas a taça pra degustação (2,50€). 

Savim - Salão do Vinho e da Gastronomia de Marseille

Quando: duas vezes ao ano, em março (em 2015 acontecerá nos dias 20 a 23) e novembro (confirmar as datas no site do evento).
Onde: Parc Chanot, Marseille
Quanto: 8 euros (inclui taça para degustação), 4 euros para estudantes (inclui taça para degustação), 2,50 euros a taça para quem apresentar convite (válido para duas pessoas).

  




Um comentário:

  1. Oi..
    Vou com minha família para Provence no dia 17/06/2015 e ficaremos até 22/06/2015, gostaria de saber qual o melhor roteiro a seguir, pois queremos ir até VALLENSOLE, conhecer Avignon, Arles e Nimes. E aproveitar o centro de Aix-en-Provence.

    ResponderExcluir

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.