22 de mai de 2015

Restaurantes testados e aprovados em Aix-en-Provence

Place des Cardeurs, endereço de muitos dos restaurantes e alguns bares de Aix-en-Provence

Pra muitos, uma viagem à França é sinônimo de boas experiências gastronômicas, e não sem razão. A culinária francesa é famosa mundo afora e os franceses tem grande orgulho desse patrimônio, e tanto que a refeição gastronômica francesa foi inscrita na lista de Patrimônio Imaterial da Unesco em 2010. Obviamente que o ritual não é algo praticável no dia a dia dos franceses, mas em ocasiões especiais. Há tempos que devo uma listinha de restaurantes em Aix-en-Provence e vou dizer que não tem sido tarefa fácil por alguns motivos:

  • eu amo cozinhar, e mesmo chegando tarde do trabalho, me aventurar no fogão e no mundo dos sabores e associações gustativas é algo que me relaxa bastante, e quando não sou eu que cozinha, Bernardo assume a tarefa e faz jantares deliciosos e muito bem apresentados - quando nos conhecemos, ele só sabia cozinhar macarrão carbonara e eu cozinhava uma meia dúzia de comidinhas; 
  • almoço todos os dias no trabalho, vez ou outra saio pra comprar comida, e sempre que o faço é asiática - imagino que quem vem à França queira experimentar a culinária local, né? 
  • Aix tem uma oferta imensa de restaurantes e é possível dar a volta ao mundo em garfadas sem sair do centro histórico da cidade, e muitas vezes optamos pela culinária internacional. 
Enxuguei a listinha de restaurantes que já visitamos por aqui e excluí a culinária internacional, por isso não tem uma imensa seleção de restaurantes - por enquanto, porque deixei indicações de endereços que ainda queremos testar! Alguns dos endereços eu pesquisei nos sites Michelin e La Fourchette (que tem boas promoções quando reservamos pelo site), e outros foram sugestões de amigos que testamos. A lista "a testar" é igualmente de indicações que ainda não tivemos a ocasião de ir! 

31 bis Rue Manuel
contact@zebistro.com
04 42 39 81 88
Encontrei o restaurante pelo site do Michelin quando procurava um lugar pra comemorar nossos 5 anos de casamento. A recomendação feita na época pelos leitores era pelo menu surpresa, e foi nossa escolha. São 5 pratos: 2 entradas - fria e quente - 2 pratos e uma sobremesa diferente para cada convive. Antes de trazer os pratos, o garçon pergunta se temos alguma restrição alimentar pra garantir que a surpresa não seja desagrável. Na época o chef tinha 2 endereços: o restaurante e um bistrot, mas acabou optando por reunir os 2 em um só, e atualmente oferece um menu bistrot na hora do almoço e o menu gastronômico "surpresa" no jantar. Os pratos propostos variam de acordo com os produtos oferecidos em cada estação, garantia de comida fresquinha direto da feira!

Bitrot Latin
18 Rue de la Couronne
04 42 38 22 88
A recomendação de uma colega do trabalho quando me indicou o restaurante foi a seguinte: reserve uma mesa na sala do andar debaixo. O restaurante é pequeno, e reserva é imprescindível porque ele reúne duas importantes qualidades: boa comida e preços acessíveis. Três opções de menu são apresentadas (opção entrada+prato+sobremesa), e os preços dos menus variam de acordo com os ingredientes propostos. O menu a 15 euros é uma excelente pedida - e uma raridade em Aix-en-Provence, onde a alimentação não é nada barata. 

9 Place Ramus
09 83 27 02 93
Acho um charme servir comida nas cocottes, aquelas panelinhas de ferro fundido que podem ir tanto no fogão quanto no forno, e a proposta do restaurante é exatamente esta: direto do fogão pra mesa. Aproveitamos a oferta que o restaurante fez no site La Fourchette e tivemos direito a um desconto no prato + sobremesa. Eu pedi "blanquette de veau" (um tipo de ensopado de carne de vitela) e a sobremesa foi "pain perdu" (tipo rabanada) com sorvete de baunilha, uma delícia! Reserva aconselhada pois o lugar é pequeno, mas bastante charmoso!

La Ruelle
48 Rue des Cordeliers (entrada também pela Praça Cardeurs, na parte mais baixa da praça)
04 42 53 19 91
Imagine uma mercearia onde você pode degustar os produtos vendidos no balcão do bar antes de levar pra casa, e ainda esticar pra fazer uma happy hour entre amigos ou jantar e descobrir alguns pratos da culinária provençal por preços excelentes e sem frescuras. Pois é a proposta dessa merceria/bar a tapas/restaurante com ar extremamente convivial. A entrada pela rua des Cordeliers expõe os produtos vendidos: patês deliciosos e vinhos da região. Fomos pra jantar, mas antes pedimos o tira gosto: tapenades e patês pra mim, salames da região pro Bernardo. Em seguida, pedi "cassoulette" com cordeiro (feijão branco com carne de cordeiro, delicioso), e Bernardo pediu "pieds et paquets", um prato provençal pra quem adora tripas. Estava bem gulosa no dia e emendei numa sobremesa que amo: café gourmand, que é um café servido com três delícias, no caso um pedaço de torta de limão, um crepe e um bolinho de chocolate com recheio derretido acompanhado de sorvete e chantilly - o famoso "petit gateau" do Brasil. O preço foi um grande atrativo: 20 euros por pessoa, com tira gosto, prato, vinho e sobremesa.
Tira gosto: tapenades e salames

Prato do Bernardo: pieds et paquets

Cassolette
Sobremesa: café gourmand
28 Place des Tanneurs
04 42 61 35 19
Seja na hora do almoço, seja à noite durante o jantar nunca passei pelo restaurante e vi suas mesas vazias. Por vezes já tive de procurar outros lugares porque a casa estava lotada. O menu propõe pratos simples, mas sempre deliciosos e bem apresentados. Já tive oportunidade de almoçar e jantar por lá e sai satisfeita em ambas ocasiões. Prato do dia, salada ou menu à la carte, o difícil é escolher - e pra garantir seu prato do dia, chegue cedo, pois geralmente a procura é grande por eles e acabam logo no primeiro serviço!

2 Rue d'Entrecasteaux
04 42 27 45 85
Restaurante charmoso durante o dia, lounge e boate à noite, conheci o Bataclan por acaso, enquanto procurava um restaurante com serviço tardio no almoço - entenda-se por serviço tardio: depois das 14h. Foi por sorte que passei na porta e vi que a cozinha ainda estava aberta, o cardápio atraiu e o ambiente também. Apesar de estar vazio - pois era meio da semana e a maioria dos clientes, composta de pessoas que trabalham nos arredores, já tinham voltado pro experiente - resolvi levar os sogros, e saimos de lá mais que satisfeitos: eu com a descoberta, e eles com a comida deliciosa que degustaram - que eu também amei! À noite o ambiente é outro: a sala vira pista de dança e a animação dá o tom - foi onde comemoramos o aniversário de um amigo, boa opção pra quem quer dançar.

2 Rue de l'Aumône Vieille
04 42 27 37 19
A especialidade da casa vem do sudoeste: pato. Nós amamos pato por aqui, mas ainda não fomos degustar todas as suas formas de preparo no sudoeste, por isso aproveitamos pra conhecer as diversas opções propostas no cardápio - e eu acabei por finalmente experimentar o delicioso "magret de canard" com frutas vermelhas que um amigo tanto recomendou. Ainda não fiz em casa, mas está na listinha de inspirações pra reproduzir! O nome do restaurante é também o nome de um filme famoso aqui.

L'épicurien
13 Place Forum des Cardeurs
06 89 33 49 83
Pra quem procura descobertas de sabores, o restaurante L'épicurien é uma boa pedida e faz jus ao nome. Sua pequena sala é rapidamente ocupada nas noites frias, e o terraço é extremamente concorrido no verão, quando lá fomos jantar. Pra minha sorte, consegui reservar uma mesa pro mesmo dia, caso contrário ficaria chupando dedo na porta, pois quando chegamos nos deparamos com a plaquinha com os dizeres "Complet" e "Fully booked". Nosso acompanhante ficou ligeiramente desapontado quando mostrei o restaurante e seus olhos pousaram na plaquinha, mas depois que eu disse que tinha feito reserva e nossa mesa estava garantida ele se animou. O restaurante funciona de terça a sábado nos horários de almoço e jantar, e a carta acompanha a mudança das estações. No jantar existe a possibilidade de pedir o menu degustação a 48€ que vem com pratos surpresa - basta indicar ao garçon se há algum tipo de restrição que eles propõem ingredientes alternativos - menu entrada + prato por 34€ ou prato + sobremesa por 32€, e ainda o menu completo (entrada + prato + sobremesa) por 40€. O calor determinou meu pedido: raviole de camarões de entrada e bacalhau com legumes em minestrone como prato principal, ambos temperados à perfeição, acompanhados por vinho branco de Cassis, meu preferido pro verão por ser perfumado e leve, realça bem os pratos de frutos do mar. De sobremesa, uma tortinha de morangos com creme de limão, e felizmente me decidi por pedir na última hora, porque foi a mais gostosa que já comi até hoje, desde o crocante da massa que desmanchou na boca, passando pela delicadeza e textura do creme de limão e culminando na bola de sorvete refrescante, tudo feito no próprio restaurante. O preço foge um pouco dos nossos padrões de pão-durice, mas uma experiência epicuriana não é algo que fazemos no cotidiano e acho que valeu muito a pena.

Estão na listinha de restaurantes a visitar:
Côte Cours - 19 Cours Mirabeau
Il était une fois - 4 Rue Lieutaud
Le zinc d'Hugo - 22 Rue Lieutaud
Le poivre d'Ane - 40 Place Forum des Cardeurs


15 comentários:

  1. Adorei!!! Várias dicas anotadissimas! Muito obrigada, o post vai ajudar bastante

    bjão!
    Dani Bispo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois volta pra contar quais deles testou e o que achou! E se tiver outros pra sugerir, vou adorar!

      Excluir
  2. Adorei as dicas! Estarei aí entre 17 e 24 de junho e espero experimentar alguns desses, pricipalmente os de precinhos camaradas....

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que tenha gostado dos endereços sugeridos, e que tenha tido uma boa experiência em Aix!

      Excluir
  3. Olá
    que dicas preciosas, quem viaja sem conhecer o país passa por apuros as vezes. Já tive que comer coisas horríveis por desconhecer lugares bons. Mas aprendi agora primeiro vou ao supermercado comprar pão e água pra não passar fome depois. Adorei teu blog cheio de belas dicas.
    Tenha um ótimo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a gastronomia é um item muito importante quando conhecemos um lugar novo, e a gastronomia francesa merece a fama que tem, é realmente deliciosa, seria uma pena não conhecer ao menos um pouco do que os bons restaurantes por aqui tem a oferecer!

      Excluir
  4. Dicas sensacionais...estou indo para Aix mês que vem , desta vez com toda a família, então eles acham que conheço tudo lá rsrsrsr...preciso me preparar! adorei as dicas. Tem um outro restaurante que adorei, é de comida provençal, chama-se Le Gran Mer, não tenho o endereço, mas comida dez! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Claudia!
      Infelizmente o restaurante La Grand Mère fechou há pouco tempo, não tive oportunidade de conhecer a cozinha, no lugar abriu uma lanchonete especializada em bagels. Espero que a familia curta bem a cidade!

      Excluir
  5. Olá! Estou planejando ir para a Provence no começo de Agosto. Voce acha que ainda consigo pegar alguns campos floridps com lavanda pelo caminho?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Manoela! Acho que na região de Sault você tem mais chance de ver campos floridos nesta época do que em Valensole, onde a colheita começa por agora.

      Excluir
  6. Natalia, passei dias deliciosos em Aix en Provence e aproveitei suas dicas gastronomicas. Gostei muito do Patacrepe, do Hui Cocotte e do La Ruelle. Minha filha de 12 anos é louca por comida japonesa então não pude escapar de ao menos uma refeição em um restaurante japonês. Experimentamos o Geisha, no Cours Mirabeau, e recomendo, pratos muito bem preparados, serviço atencioso, ambiente agradável. O Le Bouddoir estava super cheio e resolvemos arriscar o restaurante ao lado, na mesma pracinha (Fiquei encantada com as praças de Aix, uma mais linda que a outra!), Le Four sous le Platane. Nossas pizzas/calzones estavam deliciosos e o lugar tem um charme próprio, com toalhas de bolinhas iguais às do La Ruelle! A noite quente de verão com ventinho gostoso também ajudou muito! Hoje seguimos para o Luberon, continuo seguindo suas dicas preciosas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Maria!!
      Que bom saber que as dicas ajudaram vocês, e fico feliz que tenha passado aqui pra compartilhar conosco suas dicas, merci e boa continuação de viagem!

      Excluir
  7. Natalia, obrigada por compartilhar essas maravilhas conosco. Estive em Aix em 2012 em minha lua de mel, e sou apaixonada por esta região. Aliás, assim como você sempre fui apaixonada pela França e sonhava em conhece-la. Em 2013, quando descobri seu site, lhe enviei um e-mail falando sobre o meu sonho em morar aí e fazendo algumas perguntas. Desde então acompanho o Destino Provence também no Facebook. Adoro acompanhar seus posts, e enquanto não realizo o sonho de passar uma temporada aí vou me divertindo e me encantando com as suas postagens. Merci!!!

    ResponderExcluir
  8. As dicas estão ótimas. Jantei ontem no Hue Cocotte e adorei.

    ResponderExcluir
  9. Cristina Vieira Souto6 de set de 2016 21:40:00

    Olá, Natalia, vou para a Provence no final do mês. Adorei teu blog e todas as dicas já estão anotadas, em especial as dos restaurantes e passeios! Obrigada por compartilhar! Beijo, Cristina

    ResponderExcluir

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.