O porto da cidade é relativamente pequeno, cheio de prédios charmosos, restaurantes turísticos e lojinhas e pode ser percorrido à pé em poucos minutos, mas a beleza dos diversos barcos aportados ostentando cores variadas convida à sentar em um dos vários bancos dispostos no cais e ver o tempo passar, as gaivotas voarem e apreciar os vasos de flores que enfeitam os postes de luz. Se o tempo tem outro ritmo na Provence, em Cassis ele é definitivamente mais lento, principalmente quando estamos no terraço de um dos restaurantes perto do porto degustando uma taça de vinho branco da cidade, uma deliciosa opção. Os vinhos de Cassis são cultivados sob o sol e clima mediterrâneos, numa paisagem íngrime e foram um dos primeiros vinhos a receberem o rótulo AOC (em francês, Appellation d’Origine Contrôlée, a denominação de origem controlada), e são uma boa pedida em dias quentes.

Deixe uma resposta