Tradições de Natal na Provence

postado em: Provença | 0

A região provençal é extremamente rica no quesito tradições, e o Natal na Provence não poderia ser diferente. Desde a decoração natalina do presépio com seus Santons provençais, passando pela maneira de preparar a mesa, com diferentes toalhas para cada etapa da ceia, até degustar as treze sobremesas servidas após a ceia, uma viagem à região neste período pode ser surpreendentemente enriquecedora em termos culturais, além de muito atraente para as papilas.

Minha resposta à pergunta o que fazer durante o inverno e natal na Provence é categórica: comer e beber! Além, é claro, de desfrutar das várias possibilidades culturais da região, e para os aventureiros, se lançar nos esportes de inverno!

MAIS INFORMAÇÕES PARA DESFRUTAR O NATAL NA PROVENCE

Como é o Natal na Provence

Uma das perguntas que mais recebo sobre o inverno é se vale vir pra Provence nessa época, se tem coisa interessante pra ver e fazer aqui. Sempre! A Provence não se resume à lavanda, e acredito que cada época do ano tem sua magia e atrativos específicos. Claro que o inverno não fica de fora. É uma época onde turismo enogastronômico ganha força, pois a região tem excelentes vinhos e gastronomia com sabores que variam conforme mudam as estações do ano. Além disso, descobrir tradições natalinas cultivadas e transmitidas ao longo de gerações através das feiras provençais de natal completa a experiência única de visitar a região no período do frio.

Para completar a agenda, sugiro um passeio pela charmosa cidade de Carpentras, que fica super animada a partir de meados de dezembro, quando te início do festival Noëls Insolites, o maior festival de rua que acontece durante o inverno na França.

ENCONTRE AQUI SUA HOSPEDAGEM EM AIX-EN-PROVENCE

Calendário do Advento

O período que antecede o natal é o advento, e no primeiro natal que passamos aqui, em 2010, conheci os calendários do advento, feitos para ajudar as crianças na contagem regressiva pra esperada noite natalina. Obviamente o aspecto comercial dos calendários não pode ser negligenciado, e existem muitas alternativas feitas em casa que estimulam a criatividade e participação das crianças.

O essencial do período do advento é se preparar para o natal, e a tradição provençal tem alguns pontos interessantes:

  • semear trigo ou lentilhas no dia de Santa Bárbara: as sementes são associadas à prosperidade, e seu broto é usado na decoração da mesa na ceia natalina
  • uma coroa composta de ramos e quatro velas, cada uma acesa em um domingo que antecede o natal. A coroa com as quatro velas acesas também faz parte da decoração da ceia.

Decoração: o presépio provençal

Esta é minha tradição preferida, a preparação do presépio com santons provençais. Meus mais distantes souvenirs de infância remetem ao presépio de Pipiripau, em Belo Horizonte, uma obra prima de engenhosidade e artesanato natalinos. Símbolo de resistência da fé cristã durante o período da revolução, eles representam também as profissões provençais que desapareceram ao longo do tempo. Os presépios representam muito mais que a cena da natividade: eles mostram de maneira muito detalhada o cotidiano de um vilarejo provençal, no caso de presépios maiores, como o que vimos em Carpentras no natal de 2016.

A ceia de natal provençal

A preparação da ceia de natal na Provence começa com uma ida à feira de natal, muito comum ainda nos vilarejos da região. Em geral, as feiras de natal por aqui acontecem na semana que antecede a celebração e os produtos comercializados são os legumes e iguarias usados no preparo da ceia. A convivialidade é de praxe quando se trata de feiras onde clientes frequentes se tornam conhecidos dos feirantes – eu mesma tenho hábito de comprar legumes sempre na mesma barraca em Aix – e quando se trata da feira pra aprovisionar a ceia de natal, a alegria dá o tom às conversas.

Os saborosos legumes da estação são as escolhas privilegiadas pelos provençais “de raiz”, que valorizam sobremaneira os produtos frescos. A abóbora cultivada aqui vira sobremesa na forma de uma torta simples, as frutas cultivadas ao longo do ano são cristalizadas para integrar a mesa de sobremesas e preparações mais elaboradas, mas o foco é o sabor do produto local.

A decoração da mesa é algo pensado com cuidado: três toalhas brancas são sobrepostas. A primeira refeição é feita por volta das 19 horas, antes da famíia se dirigir à igreja pra missa. Ao terminar a refeição, a primeira toalha é retirada, tomando-se o cuidado para que as migalhas sejam sacudidas sobre a toalha que ficou sobre a mesa. Após a missa, uma segunda refeição, mais leve, é servida. É colocado um prato a mais em relação ao número de convidados, o prato do pobre.

Treze sobremesas

As treze sobremesas que compõem a ceia de natal na Provence fazem referência aos presentes na Santa Ceia: Jesus e seus apóstolos.

As receitas provençais que compõem a mesa das treze sobremesas são: nougat claro (com gema de ovos) e nougat escuro (com mel), quatro frutas secas (nozes, amêndoas, uvas passas e figos secos) geralmente servidas sobre uma barra de chocolate, que representam as ordens mendicantes (Franciscanos, Dominicanos, Agostinianos e Carmelitas), o gibassiéum pão feito à base de zeite e aromatizado com essência de flor de laranjeira, frutas cristalizadasfrutas frescascalissons d’Aix, biscoitos de amêndoas, melão de Natal, dentre outras especialidades provençais escolhidas por cada familia.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.