23 de fev de 2013

Lucerna e Bürgenstock: lagos e montanha no verão suíço


Continuamos nosso passeio pelo país dos Alpes e dos mil lagos no espírito de flanar e apreciar o que encontramos pelo caminho, e assim partimos em família para visitar Lucerna. O plano inicial era dar um passeio rápido no centro da cidade e na ponte coberta, mas assim que chegamos ao centro descobrimos uma Lucerna em festa... Era a festa da cidade, com palcos espalhados por todas as praças e músicas de diversos estilos animaram os suíços - vale dizer que eles não são o povo mais empolgado do mundo, mas aplaudiam ao final de cada apresentação e até dançaram em algumas músicas. Ouvir uma banda de rap cantando em suíço-alemão é algo que já posso classificar como missão cumprida na minha listinha de coisas inusitadas.




Verão é época de festas, e festas geralmente são ocasiões onde encontramos feiras com comidas típicas, tendas com longas mesas e bancos para nos abrigar do sol (nunca pensei que fosse sentir tanto calor na Suíça), música, cerveja... Uai, é a Oktoberfest da Suíça? Parecia, e foi esse clima de festa que deu o tom ao nosso passeio pela cidade. Assim como aconteceu com Berna e Zurique, pude visitar Lucerna em duas épocas do ano tão distintas uma da outra, o que é uma experiência interessante: eu tinha um ponto de referência muito bem definido, a ponte coberta, e quando visitei pela primeira vez a cidade, durante o inverno, com o tempo nublado, não registrei na memória as muitas cores que vi no verão, mas referências arquitetônicas e naturais estavam frescas na memória. Como nosso passeio começou pela Hauptbahnhof (é só dar uma tossida no meio da palavra que sai), onde estacionamos, o lago não podia passar despercebido, assim como os Alpes logo ao fundo, apesar da visibilidade não estar 100%, consegui apreciar uma das paisagens que mais me encanta: um lago com montanhas altíssimas ao fundo (porque, como todo bom mineiro, sinto vertigem em planície).

Reparem na plaquinha em forma de pretzel à direita da foto



A famosa ponte coberta de Lucerna fica bem perto da estação de trem (a Hauptbahnhof, cuidado pra não engasgar se tentar falar de boca cheia), coisa de 5 minutinhos à pé, e chegando perto já deu pra perceber o clima de animação da cidade por causa da festa: a ponte estava bastante movimentada, a maioria das pessoas seguindo em direção ao centro antigo, mesma direção que nós nos dirigimos. E nosso passeio foi no mesmo estilo dos dois anteriores: andar tranquilamente (na medida do possível, considerando que a cidade estava bem cheia) e apreciar os pequenos detalhes de cada construção suíça. Os detalhes que mais gosto são as pinturas nas fachadas dos edifícios: motivos florais, além de motivos que lembram entalhes em madeira, transformam uma fachada séria e sóbria em algo que conta uma história. Além disso, algo perto das portas dos prédios mais antigos sempre me chamou a atenção, pela delicadeza e riqueza de detalhes: a plaquinha que indica o nome do local é do tipo de souvenir interessante pra se ter, mesmo que seja em fotografia.


Depois de um passeio pelo centro, e de ouvir algumas bandas se apresentarem, seguimos de volta ao carro, não sem antes contemplar mais uma vez a ponte, o rio e o lago e as águas transparentes, que somadas ao calor eram um convite quase irrecusável a um mergulho - não sei vocês, mas eu tenho que conter um ímpeto que me invade cada vez que a combinação calor + águas transparentes está envolvida. Porque imagina a cena: 40°C em Roma e a pessoa vai e se joga na Fontana de Trevi, não dá pra fazer isso, né (nunca fiz, ainda não conheci a cidade eterna, mas se tiver quente quando eu for, vai quê).


De Lucerna seguimos rumo à montanha Bürgenstock, às margens do lago dos quatro cantões, o mesmo que banha Lucerna. O passeio foi sugestão da minha tia, que sempre quis visitar o lugar, estacionamos perto da entrada do complexo hoteleiro de luxo que está sendo construído ali, com previsão de inauguração para 2015. Seguimos uma trilha bem bonita que nos conduziu à um elevador externo, o mais alto da Europa (1132m de altura, percorre os 152m em menor de um minuto),  que por sua vez nos deixou bem no topo de Bürgenstock. No topo há um restaurante e placas indicativas para as trilhas que começam por ali. Apesar das nuvens terem começado a se aproximar, elas não nos impediram de ter uma das vistas mais espetaculares da região: várias cidades ficam às margens do grande lago, e dali também pudemos ver os Alpes mais de perto, bem branquinhos, contrastando com o calor que fazia.



E como as nuvens teimaram em permanecer, e anunciar a que tinham vindo, não tardamos muito ali, e foi a conta de chegarmos no carro pras gotinhas começarem a cair. Apesar de ter sido um passeio relativamente curto pra gente, Bürgenstock é um lugar que vale à pena ser visitado quando se passa uma temporada na região, e o passeio pode ser feito sem problemas com crianças - a trilha é tranquila, e os carrinhos de bebê podem percorrê-la sem dificuldade - fui motorista do carrinho da minha priminha, foi bem fácil. Com a construção do complexo hoteleiro, a subida por funiculaire está desativada, com previsão de retomada do acesso por via férrea até o elevador na primavera de 2013 (abril ou maio).

Distância de Lucerna à Bürgenstock: 18 km

Lá vem a chuva!


5 comentários:

  1. Ótimo post. Uma das minhas cidades preferidas da Suiça. Pra quem vai com criança vale conferir o museu Verkehrshaus der Schweiz e o cinema gigante IMAX

    http://www.verkehrshaus.ch/en/filmtheatre

    Bjs Claudia

    P.S.: adorei te ver no Hangout. Hoje é a minha vez, vamos ver como vou me sair ;o)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Claudia, obrigada pela dica do passeio! Lucerna é um encanto, e quando fui pela primeira vez me apaixonei, mas a paisagem do verão suiço é outra coisa, né? Vale à pena!

      O hangout foi muito divertido, vou assistir o de hoje tb, vai ser tranquilo, você vai ver :)

      Abraço!

      Excluir
  2. Bom dia! Pretendo visitar Berna e Lucerna durante o fim de abril e começo de maio do ano que vem e gostaria de saber se é fácil um transporte de Lucerna a Bürgenstock e tb se é uma boa época em termos de clima.
    Obrigado e parabéns pelos posts. Vamos com crianças e as dicas do museu e do cinema caíram perfeitamente.
    Marcos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei Marcos!
      Fizemos o passeio de carro, mas existe trem saindo de Lucerna que vai até Bürgenstock, e a viagem é curta, a paisagem deve ser encantadora! Veja mais informações no site da operadora suíça de trens (em inglês) http://www.wanderland.ch/en/routes/route-0566.html
      As temperaturas na época que você vai estão mais agradáveis, com médias de 20°, mas vale conferir nos sites de previsão do tempo na época da viagem pra preparar a bagagem em função das temperaturas previstas!

      Excluir
  3. OK, muito obrigado pelas valiosas dicas!!
    Marcos.

    ResponderExcluir

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.