Viajar para França – informações sobre Coronavirus Covid-19

postado em: França | 0

(Post atualizado em 13 de fevereiro de 2022)

Desde março de 2020 o mundo enfrenta a pandemia de Covid-19, que afetou e segue afetando a vida de todos e a dinâmica do setor de viagens. A França fechou suas fronteiras externas em 17 de março de 2020 e a reabertura gradual teve início ainda em 2020 para os países da União Europeia, e alguns países fora do espaço Schengen onde a pandemia estava controlada.

De lá pra cá muitos eventos ocorreram, vimos a emergência de mutações do coronavírus e também o início da campanha de vacinação, uma das vias mais seguras pra controlarmos a pandemia e sairmos dela, junto com as medidas de cuidados para evitar a contaminação – uso de correto de máscaras, distanciamento físico, ventilação em espaços fechados, higiene de mãos.

Finalmente, em meados de julho de 2021, com o avanço da vacinação em muitos países europeus e da América do Norte, a França anunciou a reabertura das suas fronteiras para viajantes com esquema vacinal completo, independente do país de origem de seu voo, abrindo as portas para os viajantes brasileiros completamente imunizados, num primeiro momento apenas com imunizantes autorizados pela Autoridade Europeia do Medicamento, a saber: Pfizer/BioNTech (Comirnaty), Janssen (Johnson&Johnson), Moderna, AstraZeneca (Vaxzevria/Covishield).

A terceira dose deve ser administrada entre 3 e 4 meses após a 2a dose para que a entrada na França seja possível.

Pra quem recebeu duas doses da Coronavac do laboratório Sinovac/Instituto Butantan, a entrada é possível desde que a terceira dose administrada seja de vacina de RNA mensageiro (Pfizer, por exemplo).

Mais do que nunca o seguro de saúde para viagem é imprescindível – e obrigatório para turistas que viajam para a Europa. Faça a cotação do seu seguro neste link e use o código DESTINOPROVENCE5 para ter 5% de desconto no valor final do seguro – ou entre em contato com seu corretor, mas viaje com cobertura para saúde!

Neste post você vai encontrar informações sobre:

  • O que é exigido para embarque do Brasil para França
  • O que é exigido para embarque da França para o Brasil
  • Emissão do passaporte sanitário francês para quem foi vacinado fora da França
  • Links para sites com formulários diversos exigidos para ambos países
  • Links para sites oficiais do governo francês com informações atualizadas sobre entrada de turistas estrangeiros no território francês

 

Esquema vacinal completo

O esquema vacinal é considerado completo para ingresso em território francês respeitando o seguinte prazo:

  • 7 dias após administração da segunda dose das vacinas Pfizer/BioNTech Comirnaty, AstraZeneca Vaxzevria/Covshield, Moderna
  • 28 dias após administração da dose única da vacina Janssen.
  • Terceira dose deve ser administrada entre 3 e 4 meses após a segunda dose.

O documento a ser apresentado à companhia aérea no momento do embarque é o certificado de vacinação que pode ser obtido no site ConecteSUS e que estará disponível alguns dias após a aplicação da segunda dose. É possível emitir o certificado em português, inglês ou espanhol.

Passaporte sanitário na França: o que é e como conseguir

A partir de 22 de janeiro a exigência relativa ao passaporte sanitário evoluiu, sendo aceito apenas o esquema vacinal completo para emitir o documento, e passando a chamar-se passaporte vacinal. Pessoas entre 12 e 15 anos ainda podem apresentar certificado de teste de antígeno ou PCR negativos para obter um passaporte temporário, mas para os maiores de 16 anos somente prova de esquema vacinal completo garante emissão do passaporte.

A apresentação do passaporte vacinal é obrigatória para ingressar em uma série de lugares como restaurantes, bares, cafés, museus, teatros, cinemas, transportes de longa distância (trechos domésticos efetuados via trens ou aviões).

Atualização de 8 de novembro: um novo procedimento foi adotado para emissão do passaporte sanitário para turistas que foram vacinados fora da União Europeia. A partir desta data, o passaporte sanitário deve ser solicitado diretamente numa farmácia e tem custo de 36€.

O site para solicitar o passaporte sanitário segue aberto apenas para estudantes vindo para França.

Você deverá receber um documento com QR Code para ser escaneado no aplicativo Tous Anti Covid, que pode ser baixado na App Store ou Google Play. O certificado de vacinação do SUS é aceito em restaurantes, museus e demais locais que exigem apresentação de certificado de vacinação, o importante é mostrar a data da segunda dose.

Retorno ao Brasil

Para retornar ao Brasil é obrigatória apresentação de teste de antígeno ou PCR negativos.

O teste de antígeno tem resultado rápido e pode ser feito em farmácias sem agendamento prévio. O valor do teste é 25€ e ele tem validade de 24h para ingressar no Brasil.

O teste RT-PCR é feito em laboratório e geralmente é necessário agendamento. O valor do teste é 49€ e ele tem validade de 72h para embarcar em voos com destino ao Brasil.

 

Espero que as informações sejam úteis no planejamento da sua próxima viagem à França!

Links úteis

ConecteSUS para emissão do certificado de vacinação em português, inglês ou espanhol

Certificado internacional de viagem para ingressar na França (fonte: site francês do ministério do Interior com informações atualizadas sobre condições de ingresso de estrangeiros em território francês durante a pandemia)

Pedido de emissão de passaporte sanitário francês para estudantes estrangeiros

Lista de lugares para realizar teste PCR na França, obrigatório para viagem de retorno ao Brasil

Declaração de saúde do viajante – Formulário da Anvisa para retorno ao Brasil

Passaporte sanitário : como solicitar nas farmácias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.