2 de fev de 2012

Festa dos Crêpes

Hoje é dia de comer crêpes! Na verdade, todo dia é dia, mas hoje em especial é A data da festa dos crêpes aqui na França, pois foi nesse dia que o menino Jesus foi apresentado no templo, e também é a purificação da virgem Maria. Mas e o que os crêpes tem a ver com isso? Na verdade, e festa da candelária foi instituída pela igreja pra substituir (como sempre) um rito pagão que marca a passagem dos 40 dias do solstício de inverno e é uma data onde se observava o comportamento dos animais, principalmente do urso, pra saber se o inverno duraria mais ou acabaria logo. Se o urso sair e ficar fora da toca dele, o inverno vai acabar logo, mas se ele voltar pra toca, inverno longo. Depois que a igreja associou a festa à purificação da virgem o urso foi substituído pela chuva, associada às lágrimas de Maria: se ela "chora" o inverno não vai tardar a acabar, mas se o céu está limpo, ele ainda vai durar. Bom, considerando a neve que caiu outra vez na Provence, inclusive no litoral, e que no meio da tarde o sol brilho, o frio ainda vai durar por aqui... Mas, e o crêpe??? Ora, o crêpe simboliza o disco solar, as oferendas alimentares que são feitas pra que a primavera traga abundância! Além disso, marca a abertura do período de Carnaval! Mas vamos ao que interessa, a receita do crêpe!





Em francês crêpe é uma palavra no feminino, mas isso é só um detalhe. A receita pra fazer a massa é a seguinte:
- 250g de farinha de trigo;
- 4 ovos;
- 500ml de leite;
- 1 pitada de sal;
- 1 colher de sopa de açúcar aromatizado de baunilha (se não encontrar, vale açúcar normal, mas se quiser dar o gostinho da baunilha ao açúcar, coloque um raminho da planta no pote de açúcar e guarde por algumas semanas!);
- 1 colher de sopa de rhum ou cachaça (usei cachaça).

Atenção à preparação!! Coloque numa tigela a farinha e faça tipo um poço no meio, pra colocar em seguida os ovos, sem misturar ainda! Só comece a misturar quando adicionar o leite aos poucos, caso contrário a mistura farinha+ovos vai empelotar a massa. Assim que a mistura estiver bem homogênea, acrescente o sal, o açúcar e o rhum/cachaça, misture e deixe a massa descansar uma hora antes de levar à frigideira. 



Detalhe: a massa é uma mistura bem líquida mesmo! Por aqui existem umas crepeiras próprias pra fazer o crêpe, mas uma boa frigideira anti-aderente dá o mesmo resultado! A quantidade de massa que se usa é bem fininha, senão deixa de ser crêpe e vira panqueca! O recheio pode ser ao gosto do freguês, aqui preparei uma rodada de recheios salgados com bacon, queijo, champignon e salsicha, e uma de doces, com geleias e nutella, claro! E a bebida que acompanha os crêpes é a cidra, que pode ser brut (a que escolhemo) ou démi-brut, servida numa xícara de porcelana (que não temos, então vai na de café mesmo)! Bon appétit!




4 comentários:

  1. Oi Nathalia, tudo bem? Publiquei hoje a receita do cassoulet. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Não vai fermento na receita do crep??

    ResponderExcluir
  3. Oi!! A receita do crepe não leva fermento, somente os ingredientes listados mesmo! E fica bem gostosa e levinha!

    ResponderExcluir

Estarei de férias no período de 27/04/2017 a 12/05/2017, os comentários feitos nesse período podem demorar mais que o normal para serem respondidos.

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.