10 de ago de 2014

Verão viking: nosso roteiro de 18 dias pelo norte europeu


PORTUGUÊS/FRANÇAIS (en dessous)

Preciso fazer uma confissão: quando se trata de preparar roteiros de viagem e férias, "foco" não é meu ponto forte. Lembram da viagem de carro pra Itália na semana da Páscoa? Era pra ser uma ida às Cinque Terre e ponto, mas acabei incluindo Toscana, com Pisa, Lucca, Florença, Siena e San Gimignano no roteiro, e prolongando a estadia em cinco dias. Pois acho que agora bati meu recorde: a ideia era aproveitar a última semana que a Ryanair oferece voos pra Estocolmo e passar 4 dias na capital sueca no final do mês de agosto, pra incluir nas nossas viagens de 2014 a ida a pelo menos um país escandinavo, destino que Bernardo queria muito visitar este ano. Mas isso foi antes de eu abrir o mapa.

Ao abrir o Google Maps pra ver onde fica o aeroporto onde o voo da Ryanair aterrisa em Estocolmo, descobri que teria de percorrer ainda 100km até chegar à capital, e fui procurar uma alternativa: o aeroporto de Göteborg, pra onde a empresa também opera voos diretos de Marseille durante a primavera e verão europeus. Além do voo ser mais barato, acabaria incluindo uma segunda cidade sueca no nosso roteiro, o que não me pareceu nada mal. Mas bastou explorar um bocado o mapa pra ver que Oslo fica mais perto de Göteborg que Estocolmo, e que Copenhagem não fica tão longe também. Ambas acessíveis de trem ou ônibus, e facilmente interligadas por via marítima. Mas por uma questão de organização do nosso tempo, optei por deixar Copenhagem pra uma próxima viagem, com mais tempo na Dinamarca, ao invés de passar um dia muito rápido por lá.

E já que estaremos na Escandinávia, por que não dar uma esticadinha até os fjords da costa sudoeste da Noruega? E foi assim que inclui Bergen no roteiro, com a ideia inicial de sair de Copenhagem e chegar de avião até lá, onde pegaríamos um trem pra Oslo. O trajeto de trem é percorrido em 7 horas, mas o fato de ser conhecido como um dos mais belos itinerário ferroviários do mundo contou pontos pra optar por esse meio de transporte, principalmente porque é verão na Noruega, país reputado por natureza remarcável. Com a exclusão de Copenhagem do nosso roteiro, sairemos de Oslo e iremos para Bergen de trem, e de lá seguiremos para Estocolmo de avião, onde ficaremos 3 noites. Em seguida, atravessaremos de ferry até Helsinki, onde ficaremos dois dias.

E foi aqui que o mapa mais uma vez me convenceu a esticar a viagem mais um pouco. A mesma tentação que se apresentou pra Camila do blog Viaggiando, estendeu a mão pra mim com um convite pra visitar o país que ocupa o topo da minha bucket list desde que conheci a França: a imensa Rússia. Minha única relação com o país é meu nome, mas visitar a Rússia é sonho que carrego há mais de década. Quando disse pra Bernardo que tinha incluído a Rússia no roteiro por ela ser vizinha da Finlândia e ficar bem pertinho, ele disse: aproveita que estaremos lá e vamos pra China, que é do lado. Considerei seriamente a ideia, mas a China merece um capítulo a parte, e está em planos futuro. Para fechar o nosso circuito pelo norte europeu, inclui uma capital báltica: Tallinn. Vai ser um pulinho, uma introdução à região, pra deixar a gente com vontade de voltar logo e desbravar os países bálticos num roteiro especial.

Quando contei sobre nossos planos de viagem pra um casal de amigos que mora aqui do lado, na Alemanha, eles adoraram a ideia e se juntarão à nós em Oslo, na melhor filosofia "te encontro pelo mundo". Assim, depois de muito pesquisar transportes e distâncias, defini o roteiro da seguinte maneira: visitaremos 7 cidades em 5 países, vamos percorrer cerca de 4100km de avião, trem, barco e ônibus ao longo de 18 dias, levando uma mochila cada um. Na quinta feira pela manhã trocaremos o canto das cigarras à beira do mediterrâneo pelas paisagens em terras vikings à beira do mar báltico e do mar do norte e nosso itinerário será este:


14/08 - chegada em Göteborg 
15, 16, 17/08 - Oslo
18, 19, 20/08 - Bergen
20, 21, 22, 23/08  - Stockholm
24 e 25/08 - Helsinki
26, 27 e 28/08 - Saint Petersburg
29/08 - Tallinn
30 e 31/08 - Stockholm
31/08 - Göteborg (volta para Marseille)

Foram alguns meses de planejamento, noites quase em claro tentando definir a rota, um aperto no coração por ter deixado a Dinamarca de fora, e muitas consultas aos sites da Lonely Planet, Visit Norway, Visit Oslo, Visit Bergen, Visit Stockholm, Visit Helsinki, RBBV, o excelente pra pão-duros (como nós) Norway on a budget e aos blogs Viaggiando, Aprendiz de Viajante, Colagem, Colecionando ImãsViver plenamente Paris, Andarilhos do mundo, Viajar pela Europa. Nosso roteiro tem 6 páginas com a lista de atrações e mapinhas que depois ilustrarão os posts.

Assim que voltarmos de viagem, publicarei aos poucos posts sobre nossa aventura escandinava (aos poucos e mesclando com a Provença, mas também com as viagens pela Toscana e para o Porto). Enquanto isso, você pode acompanhar o nosso #tourviking pelas redes sociais do blog, sempre que o wifi escandinavo possibilitar, publicarei as melhores fotos dos lugares visitados.


Été viking : notre itinéraire de 18 jours dans l'Europe du Nord

J'ai une confession à vous faire : le focus c'est pas mon truc quand il faut planifier un voyage - sauf pour mon appareil photo, bien évidemment, car ça serait bidon d'avoir des photos toutes floues sans faire express. C'était comme ça que j'avais réussi à rallonger le voyage en Ligurie, prévu au départ pour une durée de 4 jours entre Gênes et les Cinque Terres, et j'ai fini par rajouter 5 jours et partir également dans la région voisine, la Toscane - parce qu'elle n'était pas loin. Voilà mon point faible. Encore une fois, un voyage prévu pour une durée de quatre jours se voit rallongé de quatorze, un pays gagne quatre autres pays voisins dans notre itinéraire, et voici que nous allons bientôt faire de tour de presque toute la Scandinavie (car malheureusement la Danemark, ça sera pour une prochaine fois).

Il faut rappeler que je suis originaire d'un pays avec des dimensions continentales, alors nous avons un rapport différent aux distances : 300km c'est "juste à côté", et c'est comme ça que j'ai rajouté des pays à ma feuille de route. Car au départ nous devrions aller à Stockholm pour quatre jours fin août. Mais entre l'arrivée dans l'aéroport à 100km la capitale et un encore un voyage d'une heure et demi en bus de plus, j'ai préféré partir à Göteborg, à quelques 400km de là. Mais là, quand j'ai ouvert Google Maps pour me repérer, et que j'ai zoomé en arrière, je me suis senti comme les explorateurs portugais qui se sont lancé à l'océan à l'époque des grandes navigations: j'ai découvert que la Norvège était "juste à côté". 

Comment résister à l'appel du pays des fjords et des saumons fumés de tous les jours ? J'ai poussé un petit cri de joie - qui m'a rappelé justement du tableau que je rêve depuis le temps de voir en vrai. Voilà que la Norvège rentre définitivement dans notre itinéraire, avec l'un de plus beaux itinéraires en train au monde, le trajet entre Oslo et Bergen. Quant à la Finlande, il suffit de prendre un ferry le soir pour arriver là où toutes les trémas du portugais ont trouvé abri (car on les a chassé de notre orthographe). Et puisque nous sommes en Finlande, profitons pour traverser la mer baltique en bateau et... mais, qu'est-ce que je vois juste à côté de la Finlande ? Mince, c'est la Russie ! Hop que Saint-Pétersbourg s'invite sur notre carnet de route. 

Bon, quand j'ai toute annoncé à Bernardo - après un long moment de détresse en essayant de trouver un itinéraire avec un peu de sens logistique - j'avoue que sa réponse m'a détendu. "Ouais, comme ça, puisqu'on est en Russie, pourquoi pas rajouté la Chine, c'est le pays voisin. Tant qu'on y sera, on pourra aussi traverser le détroit de Béring". A ce moment là je me suis rendu compte qu'il était temps de décider la date de retour de notre périple scandinave (avec un petit détour en Russie et en Estonie). 


Et nous ne partons pas seuls ! Luna ne viendra malheureusement pas (merci la super copine qui la garde pendant notre absence), mais nous aurons le plaisir de partager ce voyage avec un couple d'amis qui habite à côté - en Allemagne. Oui, pour les brésiliens 1000 bornes c'est encore à côté. Voici donc notre itinéraire: 

14/08 - arrivée à Göteborg 
15, 16, 17/08 - Oslo
18, 19, 20/08 - Bergen
20, 21, 22, 23/08  - Stockholm
24 e 25/08 - Helsinki
26, 27 e 28/08 - Saint Pétersbourg
29/08 - Tallinn
30 e 31/08 - Stockholm
31/08 - Göteborg (retour à Marseille)

Vous pouvez, bien entendu, nous suivre sur les réseaux sociaux ! 




13 comentários:

  1. Mas fui lendo e rindo! hahaha Já que to aqui...já que to aqui...rs é bem assim mesmo. Vamos visitar alguns locais em comum, e ó, eu vou depois, entao ainda vou aproveitar suas dicas: me dei bem! rs
    A gente ia pra russia, meu amigo mora em moscou. Entao íamos pra Moscou e St Peter, mas o voo tem stopovers em madrid (na ida e na volta). Mas como tinha uns diazinhos a mais, incluímos Estonia, Letonia e Lituania, e usei muito os posts da Camila tb.
    A gente vai em dezembro (sim, to morrendo de medo do frio rs).
    bis!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E tem como resistir às essas distâncias "curtas" da Europa? O mais engraçado foi a cara que o Bernardo fez quando expliquei o estica-estica do roteiro, ele me olhou muito sério e respondeu "é, desse jeito vamos pra China também, ta do lado da Russia", e continuo esticando ;)
      Pro frio, passem numa decatlhon pra roupas quentes, e abusem dos mil museus vazios pra visitar, inverno é excelente pra visitar museu!

      Excluir
  2. Que delícia de roteiro! A Noruega tá na minha bucket list, mas a fama de careira ainda tem me afastado de lá. rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A hospedagem realmente não é das mais baratas do roteiro, mas fiz tantos compromissos pra conseguir compensar que espero manter o nosso orçamento bem equilibrado! Até considerei a possibilidade de comer plantas selvagens, mas descobri o www.norwayonabudget.com que me salvou na parte da comida (e tem cozinha no albergue, vamos usar e abusar dela!)

      Excluir
    2. Depois eu aproveito as sua dicas para a Noruega. ;-)

      Excluir
  3. Que incrivel! A cidade que to mais curiosa pra saber como é a S. Petersburgo - muito muito curiosa pra saber as praticalidades de uma visita para lá. Boa viagem!! beijo grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. To levando anexo no meu roteiro o alfabeto cirílico pra garantir ao menos que vou entender as placas de orientação! Sorte que a reserva do hotel já vem em russo tb, facilita! Espero que não passemos muito aperto lá (uma dose é necessária pra dar emoção!)

      Excluir
  4. Por muito pouco a gente não se encontra no caminho...

    Já aviso que no centro de Helsinque tem wifi gratuito espalhado por uma boa área, então muitas fotos!!!

    Como eu queria poder fazer isso também, mas como vou viajar a trabalho, só me sobram 2 dias livres. Um já está reservado para Tallinn, o outro anda estou decidindo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, que pena que não estaremos la na mesma época! Bom saber sobre o wifi gratuito em muitos pontos, ao menos o mapinha vai ficar atualizado caso a gente se perca! Curta bem teus dias livres, e quem me dera ir a trabalho pra Finlândia :)

      Excluir
  5. Esse roteiro está ótimo!
    Passar um dia em Copenhagen é pecado, fez bem em deixar para uma próxima vez. :)
    Em St. Petersburg as placas de rua estão nos 2 alfabetos, lá se passa menos aperto do que em Moscou. Os russos são super prestativos, nada que uma boa mímica não resolva (só não espere muitos sorrisos). Você vai fazer o Norway in a Nutshell? A viagem é linda.
    Sair de barco de Estocolmo é fantástico, certamente terá luz do dia e vcs vão poder ver todas aquelas ilhas. (Fiz o trajeto Riga-Estocolmo)
    Boa viagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até tinha pensado em fazer o Norway in a nutshell, mas acabei optando pelo trajeto Oslo-Bergen de trem durante o dia, e deixei o cruzeiro pra outra viagem (porque os planos são pra voltar ano que vem à Noruega, em Tromso pra corrida do sol da meia noite, e com uma paradinha pro passeio de barco). Vamos pegar grande parte da travessia ainda com dia claro, espero conseguir ver todas as ilhas! Amei fazer a travessia pra Córsega de dia, estou na expectativa pra Estocolmo-Helsinki e Tallinn-Estocolmo!
      Merci :)

      Excluir
  6. Muito legal! Se precisar de alguma ajuda, tenho uma amiga brazuca que mora em Estocolmo. Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oba! Sempre bom ter contatos em casos de necessidade, se precisar eu dou o grito, obrigada!

      Excluir

Estarei de férias no período de 27/04/2017 a 12/05/2017, os comentários feitos nesse período podem demorar mais que o normal para serem respondidos.

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.