28 de dez de 2016

Noëls Insolites: festival de Natal em Carpentras

A árvore de natal na frente do Palácio de Justiça de Carpentras, antigo palácio episcopal que abrigou o papado antes da instalação em Avignon

A época de Natal na Europa pra mim é sinônimo de friozinho, vinho quente e castanha portuguesa torrada, degustada quentinha na rua pra esquentar as mãos, enquanto caminho pelos chalés da feira natalina observando os produtos expostos, alguns típicos da época, outros  nem tanto, esperando as luzes enfeitarem a cidade antes de voltar pro aconchego de casa e passar tempo com a família. Mas, se nessa equação eu quisesse incluir também flanar por ruelas charmosas seguindo trupes artísticas e esquecer do frio enquanto um mímico arranca risadas de uma plateia de todas as idades instalada aos pés das escadarias de uma catedral do século XV, no coração do Condado Venaissino que outrora abrigou os papas? Vem comigo que vou contar como é deliciosamente possível degustar as delícias natalinas e assistir às atrações do belo festival que leva a magia de natal para além das salas das casas e ganha as ruas provençais de Carpentras.


O Mont Ventoux e Carpentras

Localizada à 95km de Aix-en-Provence e a 25km de Avignon, Carpentras tem seu horizonte emoldurado por duas imponentes formações montanhosas: Dentelles de Montmirail e Mont Ventoux, o gigante provençal com o cume sempre branco por conta das rochas que o cobrem. Pouco antes de chegar no centro da cidade, foram as duas formações rochosas que me deram boas-vindas no horizonte, e como boa mineira que sente vertigem em planície, me senti em casa e logo me encantei pelas ruelas provençais da última cidade a integrar o território francês.

Um pouco da história de Carpentras

O ano é 1305. Devido ao clima de insegurança que tomava conta de Roma então, o papa Clemente V, recém eleito ao cargo e o segundo papa francês decide não se arriscar numa viagem longa até o Vaticano para a cerimônia de praxe, quebrando o protocolo e a cerimônia se realiza na cidade de Lyon. Tem início então uma mudança que marcou a história da igreja católica: o papado deixa o Vaticano e se instala na França, mais exatamente na região da Provença, no Condado Venaissino (nome derivado de Vénasque, primeira capital do condado e hoje classificada como o selo "Mais belos vilarejos da França"), encontrando em Carpentras seu primeiro lugar de instalação, antes de partir para Avignon, onde permaneceu por pouco mais de um século.

"Noëls Insolites", animação de rua no inverno

O primeiro indício do festival natalino que anima a cidade foram os letreiros luminosos instalados nas ruas que levam ao centro histórico. Poucos metros mais adiante da primeira placa "Noëls Insolites", a imensa fachada do Hôtel Dieu indica a proximidade com o centro, além de ser a praça de uma das feiras mais famosas da região: a feira das trufas, que acontece pelas sextas-feiras de manhã de meados de novembro até o fim do mês de março e é aberta aos atacadistas, e que tem o preço por kilo definido no momento da abertura da feira, variando entre 300€ e 1100€ o kilo ao longo da temporada, sendo o maior preço na véspera do Natal. Do outro lado da rua, em frente ao Office du Tourisme da cidade, que ocupa o edifício do antigo teatro, as deliciosas e reputadas trufas da região eram comercializadas aos varejistas, numa feira que acontece todas as sextas-feiras pela manhã. Além da feira das trufas, as ruas da cidade estavam ocupadas por feirantes, numa das maiores e mais famosas feiras provençais da região, com cerca de 350 expositores e produtores. Cheguei no dia certo pra aguçar paladar, olfato e encantar os olhos.

Criado no ano 2007 o festival Noëls Insolites celebra seus 10 anos em dezembro de 2017 e foi idealizado pelo prefeito da cidade, que conta no seu currículo organização de festivais artísticos além do trabalho como perito imobiliário e prefeito, e o objetivo do festival é de reunir os cidadãos nas ruas para além dos momentos de compras, tendo como tema central o natal, com performances de teatro de rua de vários estilos, culminando com um espetáculo de encerramento poucas horas antes da ceia de natal.

Convivialidade é a palavra de ordem, e o acesso às apresentações é gratuito, sendo que algumas pouca atrações são pagas, como patinação no gelo, que acontece na frente do Office du Tourisme, Jardim de Neves, instalado na praça atrás da catedral Saint Siffren, e alguns ateliers de iniciação à modelagem de santons, os bonecos provençais que constituem o presépio da região. Aliás, a recepção no prédio do Office de Tourisme acontece em grande estilo: um imenso presépio é instalado no hall de entrada do edifício, e além de representar o momento da natividade, com a clássica composição da manjedoura com o menino Jesus e os demais personagens devidamente posicionados, conta também uma história em torno de um tema envolvendo o cotidiano da Provença.

No ano de 2016 o tema abordado pelos artesãos encarregados de criar o presépio provençal foi o trabalho em torno da pedra, desde sua extração, transporte e uso, como os vários ofícios exercidos desta exploração, tudo milimetricamente pensado e cuidadosamente posicionado para contar o dia a dia de um vilarejo com seus habitantes, seus arredores e sua gente.

Hôtel de Ville

A feira de sexta-feira em Carpentras

Jardim de neve e a Catedral Saint Siffrein ao fundo

Catedral Saint Siffrein, Carpentras
Presépio da catedral Saint Siffrein, Carpentras

A primeira parada foi no Office du Tourisme pra conhecer o presépio provençal instalado no hall do edifício. Quando me deparei com o presépio, me emocionei, tamanha beleza, riqueza de detalhes e fineza no trabalho dos artesãos envolvidos na concepção e realização da obra. A diretora do Office me explicou que todos os anos o presépio é feito sob encomenda do órgão do turismo aos artistas, que escolhem um tema pra representar - o desse ano foi a pedra e os trabalhos relacionados à ela - e eles tem total liberdade no processo de criação. Foram necessárias 400 horas de trabalho pra criar todo o cenário, montado por seis pessoas ao longo de um dia (três pessoas em cada lado do suporte) e este presépio tem a particularidade de ser uma peça central, e não adossado contra um canto de muro, como é o costume dos presépios em casa, por exemplo. Não há esconderijos nem segredos, e o principal é a cena do cotidiano provençal, com todas as profissões e pessoas de um vilarejo representadas, além da cena da natividade, afinal trata-se bem de um presépio natalino! São ao todo 400 santons distribuídos pelo presépio, representando a vida de outrora nos pacatos vilarejos provençais. O presépio fica exposto até o final de janeiro no Office du Tourisme. Além do presépio do Office du Tourisme, também visitei o presépio da Catedral Saint Siffrein.

Presépio do Office du Tourisme de Carpentras






Atrações do festival Noëls Insolites

O festival "Noëls Insolites" acontece em dezembro durante três semanas e teve sua nona edição em 2016. A estimativa de público em 2015 foi de 40 mil pessoas, fazendo do festival Noëls Insolites o maior festival de rua durante o inverno na França! Numa época que temos tendência à sair pra fazer compras relacionadas ao Natal, em Carpentras o convite é ir pra rua pra se divertir acompanhando os artistas, e o espírito de reunião vai além das salas quentinhas de casa e ganha as ruas, aquece os corações e diverte o espírito, foi um momento muito agradável e surpreendente! Voltei na semana seguinte, no dia do encerramento, 24 de dezembro, com a família e nos divertimos muito com as animações e a bela apresentação de encerramento animada pela companhia belga Théâtre Tol. Todas as animações de rua são gratuitas, e os espetáculos pagos não tem tarifa superior a 10 euros.

Jardin des Neiges: desde que me entendo por gente sou fascinada por neve. Natal e inverno brancos são algo que me encantam de uma maneira que nem sei explicar. Quando cheguei diante do jardim das neves, com 400m² de pista e uma rampa pra deslizar com esquis, só conseguia pensar numa coisa: precisava levar o Vic pra conhecer! Obviamente voltei na semana seguinte pra levar a família pra conhecer o festival, e Vic fez sua estreia nas pistas, brincando com o pai na neve e adorou! 
Entrada: 1€ ingresso individual (somente para crianças de até 1.30m acompanhadas de um adulto com ingresso), gratuito de 10h às 13h.

Vic foi conhecer a neve em Carpentras!


Entrada pro Jardin des Neiges



Patinação no gelo: instalada na frente do Office du Tourisme e entre os chalés da feira natalina, a pista de patinação no gelo é uma atração concorrida! Adultos e crianças lotaram os 200m² durante todo o dia, e na noite do dia 17 de dezembro a animação da pista ficou por conta de um DJ! Entrada: 3€ tarifa integral, 2€ tarifa reduzida, gratuito de 10h às 13h pra crianças com menos de 1,30m

Ateliers de fabricação e feira de Santons: as encantadoras figuras em argila que ornamentam os presépios provençais são comercializadas no coração da antiga capela do colégio, onde acontecem também ateliers de modelagem e pintura de santons. Entrada da feira gratuita, ateliers ao preço de 6€ (público à partir de 6 anos)

Feira de santons na capela do colégio

Espetáculos de rua
: o ponto alto do festival é a animação de rua feita por trupes francesas e europeias em diversos pontos da cidade, seja com apresentações fixas ou deambulando pelas ruas do centro. 

A Renata Inforzato do blog Direto de Paris também esteve em Carpentras pra conhecer o festival e já publicou um post que você pode acessar neste link.

Planeje aqui sua viagem!


Conheça a Política de Monetização do blog



Fui conhecer o festival "Noëls Insolites" a convite do Office de Tourisme de Carpentras Ventoux. Este post faz parte de uma série de posts sobre Carpentras e a região do Ventoux cuja visita teve apoio do Office du Tourisme. Entretanto, o presente relato reflete integralmente minha experiência pessoal ao longo da visita.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Tem dúvidas, sugestões ou informações complementares? Este é seu espaço! Sua dúvida pode ser a de outros, e suas sugestões certamente ajudarão outros leitores!
Comentários sem relação ao post, links de propaganda ou conteúdo ofensivos não serão publicados.