Receita de peixe provençal: daurade varoise

postado em: Bon appétit, Pratos | 5
Deixo registrada no início deste post uma confissão culinária: nunca antes na vida tinha feito um peixe assado, nem mesmo depois desses três anos morando com o mar mediterrâneo do lado, ou seja, fonte de peixes frescos. Até que me bateu uma vontade de comer peixe depois de sempre abrir o livro de receitas provençais na página desta receita que seguirá. E como grande entendedora de peixes que sou, mas ao contrário, o nome do peixe ficou em francês, deixo os entendedores de verdade tentarem identificiar qual é pela foto, porque meu amigo de traduções de ingredientes diferentes, o Wikipedia, falhou em ajudar desta vez.

A receita é originária do departamento do Var (onde fica Saint-Tropez) vizinho ao departamento de Bouches-du-Rhône (onde moramos), na região da Provença, por isso o nome “daurade varoise” (lê-se: dôrrrrade varrroáse). Tive de adaptar as ervas da receita original porque não tinha orégano seco e majericão fresco em casa, fiz com ervas da Provença, mas ficou bom. Sem mais delongas, seguem os ingredientes e preparação.

 Ingredientes (duas pessoas):

– 600g de daurade limpo (comprei dois peixes pequenos)
– 3 tomates
– 1 abobrinha
– 1 cebola
– 1 dente de alho
– 12 azeitonas verdes sem caroço
– 50ml de vinho branco
– suco de um limão
– ervas da Provença 

Preparação:

Espremer o alho e picar a cebola em cubinhos e colocar em uma vasilha com azeite. Descascar os tomates, retirar as sementes e esmagar o tomate. Cortar a abobrinha em rodelas, e colocar esses legumes sobre a camada de cebola+alho, salgar e jogar as folhas de manjericão picadas por ci

ma.

Cortar a pele do peixe, salgar e temperar com as ervas. Dispor o peixe na vasilha sobre os legumes, jogar o vinho branco, azeite e suco de limão por cima. Levar ao forno pré-aquecido a 200° durante 30 minutos, cobrir com papel alumínio no meio do cozimento. Acompanhar com batatas assadas.

Escolhi um vinho branco provençal pra acompanhar a receita, Château de Montaurone, um Coteaux d’Aix-en-Provence, mas acho que um vinho branco da cidade de Cassis também é uma ótima sugestão de acompanhamento (todos perceberam minha paixão mais que declarada por Cassis e Baux-de-Provence?) As fotos foram feitas só com celular, desculpem se a qualidade não é tão boa. Bon appétit !

5 Responses

  1. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Helder,

    fiquei bem feliz com o resultado, realmente não esperava que fosse ficar bom, fiquei com medo que ficasse meio seco, mas ficou cozido na medida certa! Acho que é uma receita facil de ser adaptada, os ingredientes são bem do dia a dia (exceto o peixe, ainda não me acostumei mesmo com o fato de ter o mar tão pertinho!)

    Abraços!

  2. Vivi Monteiro

    Oie Natalia,
    Delicia esta receita!!!!
    O viviemUK gostaria de convida-la de participar do Meme: Onze de Tres
    Os detalhes de como participar esta no nosso blog (viviemUK.com).
    Um otimo domingo pra vc.
    Abraços,
    Vivi

  3. Vivi

    Natalia estou babando na receita…Vou tentar fazer aqui no RJ 🙂

    Bjos e adorei seu espaço.

Deixe uma resposta