Rota da lavanda: plateau de Valensole

Plateau de Valensole em julho de 2013

 

Quem fala na Provença já pensa logo em paisagens repletas de campos de lavanda, exalando um perfume que pode evocar os idos da infância ou um ente querido. O solo provençal é realmente propício pra lavanda, e vemos em vários jardins públicos ou privados os pequenos arbustinhos que no verão se enchem de flores e perfumam bastante os lugares. Apesar de morarmos na região desde 2010, confesso que só em 2012 conseguimos fazer um passeio pra ver de perto os famosos campos de lavanda do plateau de Valensole, à 70km de Aix-en-Provence, perto do Parque do Verdon. Fomos de carro, mas você pode fazer o passeio com motorista saindo de Aix-en-Provence e com parada no lago de Sainte Croix e Gorges du Verdon.

Um pouco de história da lavanda

A cultura da lavanda foi introduzida na região da Provença com a chegada dos focenses, que chegaram em Marseille vindos do porto grego de Foceia (hoje na Turquia) há cerca de 26 séculos atrás. Lavanda vem do latim “lavare” e os romanos já utilisavam a lavanda para perfumar seus banhos e roupas, e suas diversas propriedades medicinais são conhecidas desde a antiguidade, sendo que a lavanda era usada como componente de antídoto para picadas de animais venenosos, mas também contra pulgas e outras pestes, até mesmo a grande peste que assolou a Europa, quando as pessoas queimavam essência de lavanda em casa numa tentativa de frear a propagação da doença. Mas o cultivo da lavanda se desenvolveu principalmente à partir do século XIX e está relacionado com o desenvolvimento da indústria do perfume na cidade de Grasse, na Côte d’Azur, conhecida como capital mundial do perfume. 

SAIBA MAIS SOBRE ENSAIO FOTOGRÁFICO NOS CAMPOS DE LAVANDA

O tipo de lavanda cultivado na maior parte das plantações é o híbrido lavandin (Lavandula hybrida), resultado da polinização feita entre a lavanda dita verdadeira (Lavandula angustifolia), encontrada à partir de 800m de altitude, e a lavanda selvagem, que floresce entre 200 e 800m de altitude, por produzir uma quantidade maior de óleo essencial que a lavanda verdadeira, sendo que o óleo extraído desta última é mais fino e recebe a denominação de origem controlada (AOC, em francês) de Haute Provence. O óleo essencial de lavanda e de lavandin é usado na indústria de perfumaria e também aproveitado por suas propriedades medicinais. A diferência aparente entre a lavanda e o lavandin pode ser observada na haste da flor, que na lavanda é mais curto e só possui uma extremidade florida, enquanto o lavandin tem haste mais longa que se ramifica em duas extremidades floridas além da principal.

 

Julho de 2013

 

Julho de 2013
Com as mães, em julho de 2012

 

Como chegar ao Plateau de Valensole

Escolhemos fazer o trajeto até Valensole sem passar pela auto-estrada pra desfrutar da visão dos campos de trigo e girassois. As cidades no caminho sempre oferecem imagens interessantes e podem ser um convite pra um retorno em outras ocasiões. Saindo carro de Aix-en-Provence, seguimos pela autoestrada A51 até a saída 14, e dali seguimos pela estrada D96 até o Ponde Mirabeau, de onde duas opções são possíveis: continuar até Valensole pela D952 ou seguir por Manosque pela D996, atravessando a ponte Mirabeau. Aconselho essa última opção aos domingos, pois há feira na cidade de Vinon-sur-Verdon e o trânsito fica muito lento. A opção da autoestrada é mais rápida, mas não podemos parar caso avistemos campos de girassois, o que é bem possível ao longo de ambas estradinhas. 

Chegamos no centro de Valensole, uma cidade com todo aquele decor provençal e cheia de lojinhas que oferecem produtos à base de lavanda, mas seguimos viagem rumo à Moustiers-Sainte-Marie, já que além de visitar as plantações também incluimos no nosso roteiro um passeio pela cidade e também pelo lago de Sainte-Croix, sem esquecer o desfiladeiro do Verdon (Gorges du Verdon). Assim que saimos da cidade de Valensole seguindo pela estradinha que nos levaria até Moustiers-Sainte-Marie, a lavanda começou a dominar a paisagem, sempre intercalada com plantações de trigo ou oliveiras. O perfume é delicioso, e o zumbido das abelhas (que nem se preocupam com nossa presença, contanto que não as pertubemos) compõe a trilha sonora da visita. O acesso aos campos é livre, basta encontrar um lugar seguro para estacionar e se deliciar no mar de lavandas!

Para quem pretende se hospedar o mais perto das lavandas, as cidades de Gréoux-les-Bains (onde há também um cassino), Manosque (onde fica a fábrica da L’Occitane), Valensole, Riez e Moustiers-Sainte-Marie são boas opções pois reúnem a calma e charme dos vilarejos provençais com grande oferta de restaurantes e animação de feiras estivais.

Veja as opções de *hospedagem em Moustiers-Sainte-Marie* com Booking


A lavanda floresce no final do mês de junho e já em julho é possível ver os campos ganharem a tonalidade violeta que estampa vários cartões postais da região da Alta Provença. A colheita geralmente é feita entre 15 de julho e 15 de agosto sempre em função das temperaturas mais ou menos quentes durante o período de primavera e verão. No ínicio de julho começam as festividades em torno da cultura da lavanda na região da Provença e elas duram até o primeiro fim de semana de setembro, sendo que o principal evento é o “Corso de la Lavande” que acontece na cidade de Digne-les-Bains, à 110km de Aix, que este ano vai acontecer do dia 1 ao dia 5 de agosto, um evento que conta com desfile de bandas e carros alegóricos, destilação de lavanda, fogos de artifício e bailes noturnos.


 



Continue a percorrer a Rota da Lavanda aqui no blog:


O calendário das festividades da lavanda que acontecem em 2018 é o seguinte:
– Último sábado de junho: Taulignan
– Primeiro domingo de julho: Ferrasières 
Segundo fim de semana de julho: Montélimar
Terceiro domingo de julho: Valensole
Último domingo de julho: Barrême
Primeiro fim de semana de agosto: Digne-les-Bains (desfile) e Valréas
Primeiro sábado de agosto: Valdrôme
Segundo fim de semana de agostoSaint-André-de-Rosans
15 de agosto: Sault
Quarto fim de semana de agosto: Digne-les-bains (feira)
– Primeiro domingo de setembro: Montebrun-les-bains
Primeiro fim de semana de setembro: Saint-André-les-Alpes

O Escritório de Turismo de Aix-en-Provence oferece excursões pelas cidades produtoras de lavanda, com visitas às plantações e um dos roteiros inclui uma visita à usina da L’Occitane, na cidade de Manosque, perto de Valensole. As excursões acontecem nos meses de junho e julho e as reservas são feitas diretamente no Escritório, que fica no centro de Aix, e pode ser uma oportunidade interessante para quem vem à região mas não pretende alugar carro. Caso prefira fazer o passeio por conta própria e de carro, visite o site do nosso parceiro *RentCars* e reserve seu veículo!

Vem pras festas da lavanda? Então aqui você encontra opções de *hospedagem em Montélimar* , *hoteis em Digne-les-Bains* ou ainda hospede-se em Sault, a capital da lavanda!

 

Julho de 2013

 

Julho de 2014

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

82 Responses

  1. Lilian

    Adorei seu Post! Estou planejando a viagem para fim de maio e começo de junho de 2013 e fiquei muito feliz de ler que a lavanda começa a florescer em Maio, talvez tenha oportunidade de ver algum campo colorido. Obrigada pela ajuda.

  2. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Lilian, que bom que gostou do post! O passeio pelos campos de lavanda é magico e pelo caminho até la também podemos ver alguns campos de girassois, a Provence é uma região muito colorida e perfumada, especialmente na época que você pretende vir! Uma cidade que acho super charmosa e que é um dos mais belos vilarejos da França fica não muito longe de Valensole, é Moustiers-Sainte-Marie, falei sobre ela aqui http://www.destinoprovence.com/2012/04/moustiers-sainte-marie.html
    Se precisar de mais dicas que não estejam no blog estou à disposição, é so me enviar um email!
    Abraços!

  3. Ana Tereza Merger

    Super-post Nathália! Realmente muito bom. Parabéns pelo Viajoafer e pelo fim do primeiro ano. Lhe falei que seria duro, muito duro. Também estou de férias, quando voltar podemos tomar um café. Quem sabe a Cinthia vai estar mais folgada também? Beijos.

  4. apaulafidelis entreviagens

    Oi, Natalia! Não conhecia o seu blog até a postagem coletiva dos Top 12 post de 2012. Fiquei feliz com sua visita ao entreviagens e feliz por visitar o seu blog também. Adorei este post, pois amo todo o matiz a cor lilás, então, um campo de lavanda para mim é um must! Tomara que um dia eu tenha a oportunidade de visitar um campo florido como das fotos!
    Bjs! 🙂

  5. Anônimo

    Oi Natalia,td bem?
    Estou indo em maio para provence e queria umas dicas de como ir conhecendo cidade a cidade….vou sair de nice e tenho um dia todo pra fazer a regiao…e claro ..quero ver os campos de lavanda de [pertinho….
    Tens como me dar dicas de rota para fazer esse passeio??
    bjs
    Neide Dutra

  6. Nane Mendonça

    Olá, Natalie! Informações claras e preciosas. Estarei em Aix en Provence em meados de junho e com certeza farei o passeio nos campos de lavanda !Obrigada por compatilhar conosco a Provence que vc está vivenciando!

  7. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Neide,

    você pode seguir as dicas do post, e também pode incluir outras cidades que tiver curiosidade de visitar na região dos arredores de Valensole, o trajeto entre uma cidade e outra vai te surpreender, os campos de lavanda, trigo e girassois margeiam todo o percurso! Digne-les-Bains, Manosque e Moustiers-Sainte-Marie são algumas cidades que você pode incluir no roteiro, assim como Aiguines, de onde tem-se uma bela vista do plateau assim como do lago de Sainte-Croix! Tenho certeza de que sera um belo passeio!
    Abraços!

  8. Anônimo

    Natalia, amei o post. Estarei na região no final de maio e já havia marcado essas cidades no roteiro. Porém, um colega meu q esteve aí ano passado comentou que dirigir pelos desfiladeiro é difícil, estradinhas muito estreitas. O q vc me diz? É assim mesmo?

    Abraços
    Meire

  9. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Meire!
    Ja percorri as duas estradinhas que margeiam o desfiladeiro e realmente elas são não apenas estreitas, mas também sinuosas. Entretanto, os carros andam devagar e as estradas são balizadas e eu que sou medrosa e tenho um carro "gordo" dirigi sem problemas, devagar e sempre. Dê uma olhadinha na estrada no Google Maps, de um lado fica a D952 Route de Castellane, do outro segui a D19 até a cidade de Aiguines, de onde temos uma vista panorâmica do plateau https://maps.google.fr/maps/place?ftid=0x12cbf72cc9694cdd:0x40819a5fd97b040&q=43.796995,6.262722&ved=0CA4Q-gswAA&sa=X&ei=wSlhUducDqTuiAaxm4HIBA&sig2=ES5jah98__zDi9tGgzV19g

    Abraços!

  10. Anônimo

    Parabéns pelo maravilhoso site…

    Ouvi dizer que este ano a primavera demorou para chegar, vc sabe se a floração dos campos de lavanda foi afetada, ou seja, este ano acontecera com atraso?

    Muito Obrigada.
    M. Cristina

  11. Anônimo

    Oi Natalia, estou a adorar o seu Blog! Vou estar na Provence entre 24 e 30 de Julho, sabe me dizer se será uma boa altura para ver os campos floridos? Estou com receio que a colheita comece antes de eu chegar, e não consega ver os campos floridos…
    Aconselhava-me a ir mais cedo?

    Abraços
    vera

  12. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Vera!

    Fico feliz que esteja gostando do blog, obrigada!
    Este ano a floração da lavanda vai acontecer um pouco mais tarde que o previsto, então você tera fortes chances de ver os campos floridos ainda no final de junho, acredito que a colheita sera feita a partir da segunda quinzena de agosto!

    Abraços!

  13. Anônimo

    Muito Obrigada Natalia! Espero ter boas fotos para enviar para você! 🙂

    Abraços
    Vera

  14. Anônimo

    Natalia,
    Estou acompanhando o seu blog e encantada c/o que tenho lido.
    Por causa das férias do meu marido, só podemos ir sempre,no final de abril.
    É uma boa época? Dá p/se ver pelo menos o local onde é plantado a lavanda?
    Conseguimos comprar fácil? Óleo c/lavanda?
    Agradeço a atenção.
    Denise C. De

  15. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Ei Denise,

    abril é um bom mês pra vir, os dias estão cada vez mais longos, as temperaturas são amenas e os campos não estarão floridos, mas os arbustos ja devem estar mais imponentes, e os campos de trigo que ficam proximos estarão bem verdinhos também. Na região você encontra os produtos da lavanda (mel, oleo, essência, lavanda seca) e pode comprar direto nos produtores. Vale seguir até a cidadezinha de Aiguines, de onde temos um panorama maravilhoso da região com os campos, Gorges du Verdon e o lago de Sainte Croix.

    Abraços!

  16. erreeme

    Natalia, preciso de muitas orientações e sua ajuda para conhecer a Provence em agosto, somos um casal mais velho…. e talvez possa nos acompanhar e pagaremos para voce

  17. Anônimo

    Olá,
    Mais uma vez, Parabéns pelo site.
    Gostaria de saber se você já viu algum campo de lavanda florido esta temporada de 2013; em caso positivo, onde foi?
    Obrigada.
    M. Cristina.

  18. Anônimo

    Olá Natália,

    E agora será que ja presenciou algum?

    Desculpa pela ansiedade.

    Obrigada.

  19. Anônimo

    Oi Natalia,

    Demais o seu blog, estou lendo tud0, pois estarei na Provance no inicio de setembro e estou pensando em ficar em Saint Remy como base.
    Vocë acha que ainda pego um restinho dos campos nessa epoca?
    Bjs

  20. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi!
    Você vem numa época boa, pois as férias ja terminaram e os preços são mais em conta. Mas como disse no post, a colheita da lavanda acontece até 15 de agosto, então em setembro não tem possibilidade de ver os campos floridos, infelizmente, mas você poderá ver ainda os vinhedos carregados, no fim do dia rendem belas fotos com a luz do pôr-do-sol!
    Espero que faça uma excelente viagem!

  21. Élia

    De mineira prá mineira….Oi Natália, que delicia de blog…Estou muito anciosa e isso não é coisa de mineira "né não??"mas estaremos por aí à partir do dia 10 de maio de 2014 kkkkk e meu sonho é sentir o ar e ver os campos de lavanda….Ai que trem bão..mas, será possível???Grande abraço Élia de Poços de Caldas

  22. CandidaBO

    Natalia, é um desejo e uma necessidade morar uns tempos na Provence. Você crê que eu conseguiria um quarto em uma pequena vila para passar uns tempos? Sou arquiteta, escritora e artista plástica. Ficaria produzindo por lá…mas a verba não é grande. Já estou mais velha, com muita saúde e disposição, por isso, aproveitaria esses bons tempos …

    abs

  23. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Élia!
    Os campos de lavanda ficam plantados o ano todo, mas as flores só nascem à partir de meados de junho, e isso depende bastante do clima. Infelizmente, maio é muito cedo pra ver os campos em flor, mas você poderá visitar a região e contemplar outras belezas da Provença.

    Abraços!

  24. Anônimo

    olá natália!
    estarei em Paris por duas semanas a partir de 14 de junho. estava pensando numa viagem rápida de 3 ou 4 dias para a Provença – só pra ver um pouco dos campos de lavanda!!!! sei que é corrido mas é o que eu tenho… o que você me sugere como ponto de partida?
    grata
    sandra

  25. Anônimo

    Adorei seu post e ele me inspirou a fazer uma visita a Provence. Estarei na França de 11 a 18/06. Penso em ficar em Paris até o dia 17 pela manhã, pegar o TGV bem cedo até Aix e de lá alugar um carro e fazer este trajeto que tu indicou até Moustier. A ideia é se hospedar em Moustier e voltar a Aix no dia 18, de lá pra Paris e Brasil(meu voo sai de Paris às 23h) Tu acha que só uma noite é suficiente? Pelo que li no teu post, pra visitar ps campos de lavanda e passear no Gorges seria o suficiente, né? Penso em almoçar no caminho, sabe da algum lugar? De repente em Valensole ou alguma vinícula. Aguardo sua análise e sugestões. Muito obrigada, Mariane Reis.

  26. Natalia Itabayana

    Oi Mariane!
    Olha, acho que no mínimo 4 dias são ideiais para se ter uma ideia da região, mas como seu roteiro não dispõe dos 4 dias, sua solução é excelente, acredito que a escolha por Moustiers seja muito acertada por se tratar de uma cidade encantadora, com o charme da Provença e a paisagem natural exuberante ao redor. E espero que dê vontade de voltar direto pra Provença na próxima viagem! Bom passeio!

  27. Iza

    Natalia, adorei as informações! Você poderia me dar alguma dia de bate e volta em um dia, saindo de Paris, e visitando um campo de Lavanda? Pensei em Avignon (Trem TGV), mas de lá como chegaria à um campo. Irei em ago/14. Muito obrigada!

  28. Patricia Fraga

    Oi, Natalia, ça va bien? Então, acabei de descobrir o seu blog, fuçando na web, e estou adorando. Vamos à Provence em julho próximo, porque quero ver os campos de lavanda, mas também vamos dar uma esticadinha na Córsega e na Sardenha. E, claro, ficar uns dias em Paris. Vamos ficar baseados em 2 cidades na Provence, Moustiers-Sainte-Marie e em Gordes, para termos 2 bases para percorrermos regiões distintas. Na Córsega, vamos visitar Porto Vecchio e Bonifácio. Vamos ter 2 dias inteiros na primeira. Você acha que dá pra gente fazer o passeio que vocês fizeram às montanhas? Também gostaria de dicas de lugares gostosos para comer, que não sejam tão turisticos e caros. Com certeza, pique niques estão na nossa agenda, sempre fazemos isso quando estamos na França que, aliás, é o meu país favorito. Amo demais e já conheço quase tudo, faltava a Córsega. Obrigada, Patricia

  29. Natalia Itabayana

    Oi Patricia!
    Acho que vocês não terão dificuldades em fazer o passeio de Porto Vecchio até as montanhas, foi o roteiro que fizemos, mas so tivemos um dia para fazer os dois lugares, mesmo assim valeu muito a pena!
    Quanto à dica de lugares para comer, so posso te ajudar com Moustiers, porque em todos os outros lugares sempre fizemos piquenique porque o tempo bom inspira 🙂 Recomendo o restaurante do hotel Le Relais, que fica bem na ponte da cascata, gostamos muito do serviço e da comida, e não achamos os preços absurdos pra uma cidade que é movimentada turisticamente.
    Espero que gostem muito da Córsega, nós adoramos e pretendemos voltar! E ainda tenho 2 posts sobre a ilha pra publicar em breve!
    Abraços!

  30. Natalia Itabayana

    Oi Iza!
    Saindo de Avignon também é possivel ver os campos de lavanda no caminho para Gorges du Verdon e Moustiers-Sainte-Marie, ou então para Gordes, Roussillon e Abadia de Sénanque, ou ainda os camps de Sault, um pouco mais distantes que os primeiros, mas vale alugar um carro ja que seu tempo sera curto!
    Abraço!

  31. Anônimo

    Oi
    Faremos Paris a Avignon, via TGV, no 19 de março. De lá iremos a Moustiers, de carro. A ideia é passar por Apt e Manosque, até chegar ao destino. Creio que o espetáculo estará acontecendo quando estivermos por lá. No dia 20 de março iremos a Saint Paul de Vence, onde permaneceremos mais três dias, quando faremos bate-volta a Grasse, entre outras cidades.
    A pergunta é: entre Avigon e Moustiers, e entre Moustiers e Saint Paul, verei campos de lavanda ou preciso entrar em alguma via em especial? Se sim, tens algumas para nos indicar? Nada que mude muito a nossa rota, mas que nos permita ver o show acontecendo.
    Obrigado

  32. francisco fernandes

    Oi Natalia iremos para França no inicio de agosto e terei só 4 dias perto de Paris, por acaso existe algum campo de lavanda até 100 km ao redor de Paris? Pois depois irei para Lisboa …Abraços e grato pelo seu blog. …..Francisco.

  33. Natalia Itabayana

    Oi Francisco!
    Olha, não sei de campos de lavanda nos arredores de Paris, é o clima da Provença que é propício pro cultivo da planta mesmo. Visite os jardins de Giverny, a casa de Monet, que ficam a 90km de Paris e é um bate-volta belíssimo pra quem vai a região, principalmente durante o verão. Já falei sobre o passeio neste post aqui http://www.destinoprovence.com/2012/09/uma-tarde-em-giverny.html
    Deixe os campos de lavanda pra uma outra ocasião, e conte também 4 dias pra conhecer a região da Provença sem pressa!
    Abraços!

  34. julianosarti@yahoo.com.br

    BOA TARDE, TEREI UM DIA PARA VISITAR OS CAMPOS DE LAVANDA APARTIR DE CANNES ( MINHA BASE ), ESTOU TENTANDO MARCAR UM PASSEIO DE BALAO. SEI Q ESSE TEMPO É MUITO CURTO, MAS QUAL SUA DICA DE ROTEIRO PARA EU VER ESSES CAMPOS E BATER UMAS FOTOS? (SAINDO E VOLTANDO PRA CANNES)

  35. Natalia Itabayana

    Oi Juliano!

    Olha, você pode seguir de Cannes pra Gorges du Verdon e explorar a região de Valensole, se estiver de carro, que é o ideal no seu caso pois seu tempo é curto. Caso contrário, faça o passeio de trem que sai de Nice e vai a Digne-les-bains http://www.trainprovence.com/

    Abraços!

  36. PATRICIA KARLA

    Estou em Paris e 22 de Maio viajo para Aix en Provence. Ficarei lá até 29 de Maio. Os campos de lavanda já estão floridos?

  37. Natalia Itabayana

    Patricia, as chances são poucas, mas acho que mesmo assim vale a pena o passeio, pois a região é muito bonita e tem outras atrações no caminho até os campos e também nos arredores. Sugiro que vá à Gordes, Abadia de Sénanque e Roussillon, tem um post aqui no blog sobre esse passeio e fica bem na rota da lavanda.
    Abraço!

  38. julianosarti@yahoo.com.br

    Muito obrigado, Natalia

    Fechei um passeio de balão que sai de Forcalquier ( acredito que vá sobrevoar os campos de lavanda, assim espero…kkkkkkkkkkkkk )…esse passeio sai as 5:30 am com duração total de 3 horas, depois do passei vou tentar visitar a fabrica da L occitane ( tem alguma dica?) , logo depois sigo para Plateau de Valensole, Moustiers-Sainte-Marie , Sainte-Croix-du-Verdon e Cannes…vou estar de carro…vai ser correria…o que vc acha? sao lugares bonitos, vale a pena fazer tudo isso?!

  39. Natalia Itabayana

    Olha Juliano, acho que vai ficar corrido sim. Se você tem apenas um dia, sugiro deixar pra outra ocasião a visita à L'Occitane e se dedicar mais tempo ao passeio pelo Plateau de Valensole, Gorges du Verdon e terminar o dia em Moustiers-Sainte-Marie, esses sim são imperdíveis. Os dias em junho, julho e agosto são bastante longos, então você pode aproveitar mais a luz, por isso acho que não vale a pena incluir nesse passeio à visita à L'Occitane – ja fiz durante o meu curso de verão de francês, mas nunca levei nenhuma das minhas visitas pra la, por exemplo.

  40. julianosarti@yahoo.com.br

    Legal, estarei na regiao no dia 09 de julho, vou seguir teus conselhos pois essa era minha duvida, depois te conto como foi.

    muito obrigado

    juliano

  41. Anônimo

    Olá !Natalia
    Gostaria de um roteiro para região da Provence ( 5 dias),Vinculas, lavanda e sugestoes de pontos imperdíveis.Como chegar ,por onde começar e melhor ponto para entregar carro e pegar o trem para Paris
    Depois3 dias em Paris.
    Muito grata
    Beatriz

  42. Lucia Resella

    Olá, Natália,
    Chegaremos à Provence em 29/07, para ficar 2 dias em Moustiers e depois 5 em Aix. Você saberia me dizer quais os melhores locais para ver as lavandas, nesse final de Julho, início de Agôsto? Será que teremos sorte em ver também os girassóis? Em 2013 nós os vimos ainda fechados, perto de Valensole, mas era meados de Junho.
    Obrigada pelas dicas!
    abraços,

    Lúcia Resella

  43. Natalia Itabayana

    Oi Lucia!
    As estradinhas entre Valensole e Moustiers estão cheias de campos de lavanda, mas você também pode vê-los em Sault, a capital da lavanda, que fica perto de Gordes e Roussillon, mas saiba que no final de julho a colheita ja começa e alguns campos ja podem estar sem flores. Quanto aos girassois não sei dizer se este ano foram plantados nos mesmos campos, encontra-los no caminho vai na sorte!
    Abraços!

  44. Bruna Santos

    Olá Natalia, boa noite! Primeiramente gostaria de dizer que estou encantadíssima com seu site! Sem sair de casa já consegui viajar pela Provence… Queria muito sua sugestão, pode me ajudar? Eu e meu noivo temos do dia 03 de agosto a 10 na região do sul da França, com 4 noites em Marselle, 2 em Cannes e Nice. Para essas 4 noites, pensei em conhecer mais o interior da Provence. Será que ainda encontro os campos floridos? Gostaria de fazer a Rota da Lavanda até o Moustiers Saint Marie, Gorges do Verdon, Lago Sainte Croix e o platau de Valensole e também Avignon, Arles e Nimes. Mas eu não sei como posso dividir para conhecer todos esses lugares lindos sem ficar numa correria, apesar de estarmos de carro. Me dá uma ajuda, please? Abraços!

  45. Bruna Santos

    Ahh, estou pensando em viajar pela estrada nacional para poder aproveitar os lugares. Então se quiser incluir alguma cidadezinha eu adorarei. Abs!

  46. Natalia Itabayana

    Olá!

    Em março as lavandas não estão floridas, mas você poderá ver os campos cultivados mesmo assim. A floração só acontece entre meados e final de junho, como indicado no post. Indo à Apt, aproveitem pra dar uma esticada até Sault, a capital da lavanda, que é um vilarejo bastante charmoso, sobre o qual falarei em breve aqui.

    Entre Avignon e Moustiers tem vários campos cultivados à beira da estrada, que são mais facilmente visíveis à medida que nos aproximamos de Valensole (sugiro colocar Valensole como destino inicial, e ao chegar lá, altere para Moustiers no gps). Siga pelas estradas nacionais (opção sem pedágio, onde vemos os campos). Nos arredores de Grasse também podem ver campos de lavanda, mas nenhum deles estará florido no mês de março.

  47. ricardo e fisioterapia

    Ei Natalia, parabéns pelo blog!
    Iremos de Nice a Provence em junho e tenho dúvida do roteiro. Gostaríamos de passar por Gorges du Verdon, Moustiers Saint Marie. campos de lavanda( Plateau de Valensole é o melhor local?), Aix en Provence e Avignon. Essa seria a melhor ordem? Obrigado

  48. Natalia Itabayana

    Ei Ricardo!
    Como disse no post, o Plateau de Valensole é a maior superfície cultivada de lavanda aqui na região, é perfeito pra visitar. Dá pra fazer Gorges du Verdon, campos de lavanda e Moustiers em um dia, dormir em Moustiers e depois seguir pra Avignon ou Aix, como preferir e dependendo do seu destino final.

  49. Walter Barbalho

    Natalia, parabéns pelo blog! Em especial por este post, foi o que me motivou a fazer esse trajeto também.
    Vou ter Aix em provence como base e da lá alugarei um carro para ir a valensole e moustiers, fiquei com as seguintes dúvidas:
    1 – esse trajeto é suficiente para um dia ou vc sugere colocar mais alguma localidade?
    2 – o que vc quer dizer com "sem passar pela auto-estrada"? Qual é o nome da estrada que vc sugere? Como nunca dirigi na França, fiquei meio perdido.

    Obrigado!

  50. Natalia Itabayana

    Isso mesmo, Gerson! Autoestrada tem código com A (e E tb quando é europeia, ligando um país a outro) e as nacionais/departamentais são sinalizadas com D!

  51. Natalia Itabayana

    Oi Marcos,
    Acho que vocês devem procurar em farmácias por aí mesmo, acho difícil os produtores daqui mandarem pro Brasil por conta das formalidades aduaneiras de exportação/importação de produtos biológicos. A marca Weleda tem óleo de lavanda, por exemplo, e é encontrada nas farmácias no Brasil.

  52. Maria de Lourdes

    Boa tarde, Natália! Você saberia informar se é possível visitar os campos de Lavanda em maio? Isto é, existem excursões para lá nesse mês? Obrigada

  53. Anônimo

    bom dia, feliz por ter encontrado seu trabalho, parabéns! cheguei até você, pesquisando SANTA MARIA MADALENA.FCD

  54. Aline Vogel

    Oi! Estou em Paris e quero no sabado ir a provence. Tenho sonente ate terca quando preciso pegar trem para freiburg. O quebvc recoemnda ? Comeco por avigon e alugo um carro evou a valensole, moustiers e finalizo em Aux?

  55. Anônimo

    Olá! Moro em Belo Horizonte e assim como você adoro as montanhas de Minas. Creio que por isso também estou gostando tanto de saber mais sobre a Provence. Seu blog é maravilhoso e completíssimo.Parabéns!
    Iremos para Provence no período de 28/06 a 02/07 e ficaremos baseados em Aix. Já estou montando um roteiro com base em suas informações. Entretanto, minha dúvida é a seguinte:será que dá para fazer a Rota da Lavanda até o Moustiers Saint Marie, Gorges do Verdon, Lago Sainte Croix e o plateau de Valensole no mesmo dia?
    Ah, estaremos de carro.
    Muito obrigada e um abraço.
    Tânia

  56. Carla Cunha

    Olá boa tarde,
    O meu nome é Carla Cunha vou estar em Aix-en-Provence de 20 a 23 de Junho, os é boa altura para ver os campos de Lavanda?

    Obrigada

  57. Filipe Morato Gomes

    Li hoje que este é o post mais popular do blog e fiquei curioso. De facto, esta Rota da Lavanda parece mesmo muito interessante, aliás como toda a belíssima região da Provença – o sucesso é justo e merecido. Obrigado pela partilha (belas fotos!). Grande abraço desde Portugal.

  58. Sofia Hanashiro

    Olá Natalia
    Gostei muito do blog, e principalmente deste post!

    Estou em Aix en Provence com a minha família e gostaria muito de visitar os campos de Lavanda. Li o post, e só fiquei em dúvida se para visitar esses campos do Plateau de Valensole e Moustiers Sainte Marie, existe alguma parada específica na estrada para estacionar o carro.
    Um Abraço,

    Sofia

  59. Ana Pasiani

    Oi Natalia, está,os programando nossa ida para Provence nas duas últimas semana de junho do ano que vem, neste período já é possível ver os campos de lavanda?
    Nosso roteiro será Bordeax, Côte D'Azul e Provence, mas ainda não definimos a sequência. Devemos sair do Brasil no dia 17/06 e retornar no final do mês.
    Também pensei em pegar a ultima seman de junho e a primeira de julho.
    Qual o melhor período?
    Obrigada

Deixe uma resposta