Melhor época para visitar a Provence

postado em: Provença | 93
Morando no sul da França desde 2010, posso dizer que a pergunta mais frequente que escutei é “qual a melhor época para visitar a Provença”?  Neste post vou fazer um apanhado das nossas impressões de cada estação do ano ao longo desse tempo aqui, lembrando que são opiniões pessoais. Já recebemos visitas em todas as estações do ano, e adaptamos muitos dos passeios em função disso.
Já são muitos anos em território provençal, com direito à incorporação de determinados hábitos regionais que marcam a passagem de uma estação pra outra. Usamos mais as estações do ano como referência temporal para eventos que marcaram o ano do que realmente os meses do calendário gregoriano, como “fomos em tal lugar na primavera de 2011” ou “fizemos tal passeio no outono”.

Primavera

A estação que usamos para contar a idade de maneira mais poética é também a estação que desembarcamos por aqui. É lindo sair pelas ruas e se deparar com amendoeiras floridas, as pessoas sorrindo e suspirando que os belos dias estão de volta, os terraços dos cafés voltando a ser ocupados durante as refeições ou nos fins de tarde. Também é a estação que fazemos a grande faxina de casa, separando o que não vai mais ser usado pra vender em bazares promovidos pelas prefeituras das cidades ou associações de moradores, e começamos a preparar quintais, jardins e varandas para os dias quentes que virão. Sem esquecer que o cheiro de flores do campo que começa a exalar (e eu que pensava que era só estratégia de marketing pra vender desodorizador. Existe de verdade, vai por mim).  E agora que você já deve estar visualizando Julie Andrews correndo feliz no meio de um campo de edelweiss (não sabe do que se trata? Então assista “A noviça rebelde“), veja as vantagens de visitar a Provença na estação florida que acontece entre 21 de março e 20 de junho:

Amendoeira florida, Calanques de Cassis

– Em meados do mês de junho a lavanda geralmente começa a florir, ocasião pra ver os campos e sentir o perfume desta flor tão apreciada na perfumaria e cosméticos. Se quiser ver os campos no auge da floração, e fazer belas fotos no mar violeta-azulado e extremamente perfumado, o mês ideal para isto é julho. (Vale conferir nos centros de informação turística das cidades da rota da lavanda sobre a floração, que não tem uma data fixa e depende das condições climáticas do ano, podendo adiantar ou atrasar, como aconteceu em 2013, quando a floração só começou em meados de junho).

– As pessoas estão cada dia mais sorridentes, e o “bonjour” vai ser inevitavelmente seguido por um “il fait beau!” (que dia lindo!), porque francês adora puxar papo falando sobre o tempo que faz, excelente oportunidade pra pôr em prática seus conhecimentos sobre o idioma de Proust.
– O sol nos presenteia a cada dia com mais minutinhos de sua ilustre luminosidade – no final de março, por exemplo, temos direito à 12 horas de luz proporcionada pelo astro-rei, contra 8 horas no inverno.

– Muitos eventos (leia mais sobre os jogos romanos de Nîmes, a feira medieval de mais de 700 anos em Saint-Maximin-la-Sainte-Baume e o Carnaval de Aix-en-Provence), feiras provençais com produtos típicos (leia mais sobre feiras: Aix-en-ProvenceIsle-sur-la-Sorgue) e espetáculos começam no início de abril, e os preços da meia-estação são tão convidativos quanto o fato de não ser o período das grandes férias escolares, que acontecem no verão. Entre a segunda quinzena de abril e a segunda quinzena de maio as escolas francesas entram em férias de forma escalonada, de acordo com a região, ou seja, não é o país todo ao mesmo tempo, e eles não viajam em caravanas como acontece no verão, dá aproveitar.

Hospedagem em Nîmes
Hospedagem em Saint-Maximin-la-Sainte-Baume
Hospedagem em Aix-en-Provence
Hospedagem em Isle-sur-la-Sorgue

– Aproveitar as maravilhas naturais que a Provença oferece: passeio de caiaque ou passeio de pedalinho nas águas esverdeadas do rio Verdon; trilhas pela montanha Sainte-Victoire, que inspirou o pintor originário de Aix-en-Provence, Paul Cézanne, ou trilhas que levam a praias paradisíacas entre Cassis e Marseille.

– A bagagem fica mais leve porque as temperaturas estão mais amenas.


Hospedagem em Marseille
Hospedagem em Cassis

Feira das flores na praça do Hôtel de Ville, Aix-en-Provence

 

Verão

Ah, o verão! Sol, céu azul, roupas leves, brisa quente no rosto, dias loooongos, o verão europeu é uma época maravilhosa, tudo funciona lindamente e com horários extendidos, os terraços dos cafés ficam abarrotados de clientes que degustam sem pressa uma taça de rosé geladinho enquanto esperam saladas deliciosas serem servidas, o perfume dos pinheiros e temperos provençais invade o ar e as feiras estivais animam as cidades da região.

O dia mais longo do ano, o solstício, quando o sol nos presenteia com nada menos que 16 horas de luminosidade (aqui no sul da França), é festejado Europa afora com muita música, seguido das fogueiras do dia 23 de junho – ta pensando que a festa de São João veio de onde? Herança celta e germânica por aqui, mas os incas também tinham seus rituais associados ao fogo, assim como sírios, fenícios, turcos e chineses, que usavam as fogueiras para abençoar as colheitas, e com a chegada do cristianismo no velho continente a cerimônia foi adaptada e incorporada à nova religião.

O verão também é a estação das grandes férias: o ano letivo termina em julho, e é importante saber que férias para os franceses são sagradas, sendo que cerca de 75% da população viaja de férias nesse período, ou seja, os meses mais concorridos são julho (primeira quinzena aqui no sul ainda é tranquila) e agosto, sendo que o mês de agosto é o ponto altíssimo da temporada e com isso os preços também ficam mais salgados, sendo que o auge do verão é entre 15 de julho e 15 de agosto, época em que a ocupação de hotéis, acampamentos e outros pontos de hospedagem atinge seu pico.

Verão no Parque de la Torse

 

Vinhedos provençais no verão

Uma dica: o ano letivo começa em setembro, excelente época pra vir conhecer a Provença com temperaturas agradáveis e paisagens estivais, mas venha sabendo que os campos de lavanda e girassois já estarão limpos. Em compensação, você pode ver os vinhedos carregados e dependendo da situação climática durante o ano, assistir à colheita das uvas.

Eventos marcantes do verão: Festa da música (geralmente 21 de junho, primeiro dia do verão), fogueira de São João (23 de junho, no centro de Aix a fogueira ficar na praça da Rotonde, e há grupos regionais que se apresentam), Festa Nacional (14 de julho, aniversário da tomada da Bastilha na Revolução de 1789) comemorada em todas as cidades com queima de fogos de artifício na maioria delas (o mistral já cancelou a queima de fogos algumas vezes por aqui), Festival d’Aix-en-Provence (música lírica, no mês de julho, reservas com antecendência são recomendadas, bilheteria e programa no site do festival), festival de teatro de Avignon, o maior festival do gênero – de quebra dá pra esticar até Châteauneuf-du-Pape e degustar os melhores vinhos da região.

Hospedagem em Avignon
Hospedagem em Châteauneuf-du-Pape

Passeio de caiaque rio Sorgue
Passeio de caiaque no rio Sorgue, em Fontaine-de-Vaucluse

– As temperaturas convidam pra um sorvete com direito a um belo pôr-do-sol no charmoso vilarejo medieval de Miramas-le-Vieux ou um mergulho no mediterrâneo, seja na bela cidade de Cassis, seja no arquipélago de Frioul, no litoral de Marselha – vale esticar o passeio até o Château d’If – e também fazer um passeio de caiaque no belo rio Sorgue.

– Graças aos dias longos, podemos escolher um dos vários parques e jardins das cidades, ou uma praia agradável, e desfrutar de um delicioso piquenique, um dos rituais gastronômicos preferidos dos franceses.

Porto de Cassis

 

Outono

Adoro a paisagem outonal, apesar de ela não ser tão evidente na vegetação provençal, composta em sua maior parte por pinheiros e vegetação rasteira de garrigue, típica dessa região árida, o que não significa, entretanto, que não seja possível ver o outono chegar por aqui, até porque podemos ver muitos parques e regiões urbanas com árvores cujas folhas passam por todos os tons de amarelo e laranja antes de cairem. Verdade que quanto mais nos dirigimos ao norte, mais paisagem típica outonal vemos, e essa paisagem me encanta muito, principalmente em contraste com o céu azul.

Mas o outono também traz o início das chuvas, que são certas entre a segunda quinzena de outubro e segunda quinzena de dezembro, sendo que o mês de novembro é geralmente o mais chuvoso do ano aqui em Aix-en-Provence. Leia mais sobre as épocas de chuvas neste post. Além da vegetação em cores crepusculares, compondo a paisagem típica do outono, a estação é uma alegria no prato: a abóbora, um dos meu legumes favoritos, volta à mesa, e tem vilarejos que inclusive fazem festas e feiras com os vários tipos de abóbora que podemos encontrar. Gosto muito de creme de abóbora, bom pra espantar o friozinho que começa a chegar. Abóbora que é, aliás, troféu das corridas que acontecem no Luberon entre Pertuis e La Tour d’Aigues, um jeito bem inusitado e divertido de conhecer as belas paisagens da região e degustar produtos típicos ao longo do percurso, seja maratona, meia maratona e 10km.

Hospedagem em Pertuis
Hospedagem em La Tour d’Aigues

Lago de Serre-Ponçon no outono
Parque de la Torse no outono

 

Inverno

Entre 21 de dezembro e 20 de março, enquanto o Brasil se delicia com temperaturas elevadas, muito sol e praia, nós do hemisfério norte estamos passando por um treinamento compulsório para urso polar, estação comumente conhecida como “inverno”. Pessoalmente, gosto do frio mas é bom saber algumas coisas sobre essa estação se pretende visitar a região provençal com baixas temperaturas. Veja aqui algumas sugestões de passeios na Provence no inverno e saiba como planejar seu roteiro:

– Os dias são curtos: sol nasce por volta das 8h e se põe ao redor das 16h30. Temos cerca de 8 horas de luminosidade natural contra 16 horas no escuro, além dos horários de funcionamento de lojas e atrações turísticas seguirem o ritmo solar.

– Muitas atrações fecham durante o inverno, seja em função da drástica redução no fluxo de turistas, seja para efetuar trabalhos de reformas e restaurações. Quando vim à Europa pela primeira vez, escolhi o inverno porque queria ver a neve, e acabei não vendo a fachada do Duomo de Milão, que estava sendo restaurada (acabei comprando um postal pra compensar a falta de foto da fachada), assim como diversas outras fachadas cobertas ou semi-cobertas para trabalhos – o Arco do Triunfo foi um dos semi-cobertos.

– Mãe natureza não dá aviso prévio sobre seus humores: tem semana que faz -10°C, neva e congela tudo, na outra semana a temperatura pode chegar aos 10°C com vento gelado, e isso interfere na motivação pra abrir a porta e sair. -10°C com tudo congelado pode ser melhor que 10°C com vento, acredite. O mistral é impiedoso no inverno, deixa todo mundo fora do prumo, e muitos passeios que poderiam ser feitos mesmo no inverno, como a ida ao Château d’If, dependem das condições climáticas, e em caso de vento o monumento fica fechado.

Parque de la Torse no inverno de 2012

Conclusão sobre o inverno: uma boa opção pra quem quer encarar o inverno europeu é ir para os Alpes esquiar. Não gosta de esqui ou snowboard, mas não abre mão de vir à Europa ver a neve? Sem problemas, as estações de esqui oferecem diversas atividades na neve, desde caminhadas e passeios de trenó puxados por cachorros até descer pistas pouco inclinadas naqueles trenozinhos muito usados por crianças (mas não só por elas, tem pra adultos também). E muitos hoteis tem piscinas aquecidas e spas, atrativo interessante pra se recuperar do frio. Leia mais sobre as melhores roupas para se proteger do frio.

Estação de esqui de Montgenèvre, nos Alpes franceses

 

93 Responses

  1. Mirelle Matias

    excelente post, completissimo!

    vou dar o ar da graça por ai no feriado do começo de maio. vai ser a minha primeira vez na provence, visitando alguns beaux villages e um pedacinho da route de la lavande. vc acha que ja vai ter campos floridos nessa época? aiai….

  2. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Ei Mi!
    Inicio de maio é uma época super bonita aqui na região, mas no mapinha dos campos de lavanda eles indicam que a floração acontece à partir de meados de junho. So que eu, com minha grande experiência empirica de quem tem um arbusto de lavanda no quintal que não é exposto constantemente ao sol como acontece nos campos, digo que vocês tem chance de ver os ditos cujos gordinhos e as hastes das flores, com as mesmas fechadinhas, começando a apontar (porque o meu arbustinho começa a crescer nessa época, quando o sol ja chega nele). Pra sentir o cheiro, dê uma esfregada nas folhas, elas também exalam perfume.

    Quais vilarejos vocês pretendem visitar? Ah, Sisteron ta bem no meio do caminho de vocês, e se forem aos Gorges du Verdon, la pertinho tem Moustiers-Sainte-Marie, uma joia (e tb é beaux village).

    Dê uma olhada nesse mapinha mostrando a época de floração da lavanda em cada cidade:
    http://grande-traversee-alpes.com/routes-de-la-lavande/informations-pratiques-lavande/p%C3%A9riodes-de-floraison

  3. Mirelle Matias

    o roteiro ainda não esta fechado, mas por enquanto vamos passar por Venasque, Gordes, Roussillon, Moustiers-Sainte-Marie e Gorges du Verdon, voltando pela rota da lavanda e passando por Gréoux-les-bains e Aix.

    Mas depois que vi Sisteron, fiquei com vontade de mudar a segunda parte do roteiro, saindo de Roussillon e indo direto pra la, deixando Aix pra conhecer numa outra oportunidade, num passeio so pela parte sul e o litoral.

    O que vc acha?

  4. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Mi, apesar de ser apaixonada por Aix, digo pra você deixar pra uma outra vez por duas razões: o contraste entre as cidadezinhas escolhidas e Aix é muito grande, eu pessoalmente ficaria à principio nos beaux villages que você mencionou, e incluiria Lourmarin (tem um castelo lindo, e mais nada, além do charme das ruelas e construções, como todo bom beau village) e Rustrel, onde fica o Colorado Provençal, uma antiga mina de ocre que lembra bastante a paisagem americana (fomos voar de parapente ali, tem as fotos neste post http://www.destinoprovence.com/2011/07/brincando-de-icaro.html)

    A outra razão: vocês podem aproveitar com mais calma os lugares de Cézanne na cidade, dar um passeio pela montanha Sainte-Victoire e esticar até o litoral, indo à Marseille (mesmo sabendo das suas reticências, acho que vale à pena) e de la até Cassis pela estradinha beira-mar, que passa pelos calanques que se estendem de uma cidade à outra. Mas é um pitaco muito pessoal, depende do tempo que vocês tem também, e se a ideia do roteiro são os beaux village, eu faria assim =)

  5. Anônimo

    Era o que eu tava pensando mesmo. Obrigada, Nat! E adorei o site que vc indicou. 🙂

    Mi

  6. Renata Inforzato

    Ai, ai ai, Nat. Agora que consegui comentar, mas a cada vez que venho ler, fico sonhando.
    Estou tentada a ir no começo de julho, pois vc disse que ainda é calmo e as lavandas já estão floridas. E também é férias pra mim.
    Mas também queria ir aos jogos de Nîmes….
    Um beijão e adorei

  7. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Rê, demorei a responder porque fiquei pensando em como seria possivel conciliar seus dois desejos, mas acho que a solução ideal seria vir nas duas épocas. Mas como não vivemos de ideais, saiba que se optar por julho você também pode aproveitar para ir ao Festival de Artes Liricas de Aix, o programa e ingressos estão disponiveis no http://www.festival-aix.com
    Os jogos romanos costumam acontecer em abril, época que também acontece o carnaval de Aix e a feira medieval em Saint-Maximin, mas acho que agora fica muito em cima da hora pra você, né?
    Agora você tem o embarras du choix pra vir 🙂

  8. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Jackie, eu tinha um sério problema de incompatibilidade gastronômica com abóbora, que depois resolvi, mas entendo quem não goste 🙂 O que mais me encanta no outono é a combinação do amarelado das folhas e a luz do entardecer, são os úlimos suspiros quentes que temos no ano, acho a transição mais bonita que na primavera, que também me encanta muito!

  9. Jackie e Rômulo

    Ai que dó do outono. Explico: uma das coisas que mais odeio na vida é abóbora. Odeio nivel odeio mt rs. E logo no outono está cheio de abóbora por aí rs. Que dó!
    bjs,

  10. Anônimo

    Natalia,
    O que vc acha de final de Abril? Como meu marido só pode tirar ferias nesta época, viajamos
    sempre no final de Abril.É uma boa época?
    Próximo ano Provence: Começando por Marseille,01 noite e Aix en Provence de trem saindo de Paris.Depois pegamos um carro e vamos p/Cabriéres d Avignon e ficamos aí por 04 ou 05 noites.Nós indicaram o Le Vieux Bistrot. Vc conhece? É bom? Queremos conhecer:
    Gordes,Roussillon,
    Baux,Ménerbes. O que vc achou deste roteiro de primeira vez na Provence? Obrigado pela pronta resposta sobre a carteira de motorista.Vamos somente em 2014 mas já estou sonhando…Rsrs…Obrigado.
    De
    Denise C.

  11. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Denise,

    fim de abril é uma boa época em termos de clima e temperatura, mas pense em reservar com certa antecedência pois trata-se de periodo de férias escolares de primavera por aqui, então pode ser que alguns pontos turisticos estejam mais visados, mas nada complicado.

    Os dias são cada vez mais longos nessa época, a luz do crepusculo é encantadora e todas as atrações e espetaculos tem reinicio marcado pro começo do mês de abril.

    O roteiro que vocês pensaram é bastante interessante e tem cidades muito charmosas. Se tiverem um tempinho, passem na feira de Isle-sur-la-Sorgue, os produtos são excelentes e a cidade é uma joia que tem ares de Veneza. Quanto ao Le Vieux Bistrot, não posso fazer comentarios pois ainda não conheço, mas tentarei incluir no meu proprio roteiro, obrigada pela dica!

    Em breve retomo as publicações aqui no blog, espero compartilhar mais dicas sobre os vilarejos provençais!

    Abraços!

  12. Anônimo

    Natalia,
    Tudo certo? Antes de tudo obrigado pela resposta.
    Vou te alugar mais um pouquinho…
    Mudei o roteiro por causa das férias escolares e vamos primeiro a Londres, onde minha irmã mora há alguns anos casada com um inglês.
    De lá vamos a Marseille onde ficamos duas noites e visitamos Cassis.
    Tudo por causa da linda reportagem que vc escreveu sobre este belo lugar.Devemos estar chegando no dia 28 ou 29/04. Dia 01 vamos para Aix em vez de Cabriéres d Avignon, tb por "culpa" sua….Rsr
    A dúvida é: Onde ficar? Hotel? Vc tem alguma indicação para nós dar? Duplo, três estrêlas.
    Quando acaba as férias escolares de primavera por aí? É de quando a quando? Vc sabe?
    Um ótimo final de semana p/vc.
    Abs,
    De
    Vou seguir as dicas dos tours saindo de Aix, em vez de alugar carro. Meu marido não gosta de dirigir e eu não dirijo.

  13. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Denise!
    Sugestões de hospedagem em Aix: Adagio (você pode reservar pelo blog, no espaço do Booking), é um hotel 3 estrelas, bem localizado, a 500 metros da Rotonde no centro de Aix, um leitor se hospedou e me contou que foi uma boa experiência, ja visitei o hotel e tem excelentes instalações e preços interessantes. Escrevi um post com os feriados e férias escolares de 2014 pra responder sua pergunta, obrigada pela sugestão!
    Abraços!

  14. Anônimo

    Oi Natália, agosto posso ainda ver os campos floridos?Obrigada.
    Luciana

  15. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Luciana,

    a colheita começa em agosto e geralmente vai até do dia 15/08, então as chances de ver os campos floridos nesse mês são menores que em julho. Este ano a floração atrasou e no inicio de agosto os campos ainda estavam bem floridos, mas foi um ano excepcional, o ideal é acompanhar pelo site das Rotas da lavanda (tem link pra ele no post) o periodo de floração e as condições climaticas do ano que você pretende fazer seu passeio!

    Abraços!

  16. Anônimo

    Ok.Estou pensando em ir no próximo ano, mas estou em dúvida ainda em relação a Lisboa e Algarve, como trabalho em uma companhia tudo vai depender de vaga no voo.Caso em decida ir entro em contato com você para me ajudar a fazer uma rota, se você não se importar.
    Obrigada pelas dicas e parabéns pelo blog.

  17. Anônimo

    Obrigado Natalia,
    Mas…Não estou achando o post sobre as férias escolares.
    Se puder me passar o caminho,agradeço.
    Abs,
    Denise C.

  18. Simone Gomes da Silva

    Olá Natalia, mt legal sua iniciativa de colaborar e orientar os turistas interessados em conhecer essa região da França. Pretendo ir com a minha irma no período de 30/08 à 07/09 e gostaria de receber dicas sobre : temperatura, paisagens, onde ficar, principais atrativos, passeios, gastronomia, enfim, um roteiro bel legal. Bj e obrigada.
    Simone

  19. Anônimo

    Natalia, amei seu blog. Cultivou meu sonho de conhecer a Provence. Minha pretensao e viajar em set/2014, mas em funcao de suas informacoes, talvez adie ate maio. Nao sei o que vale mais. Tenho a pretensao de ficar em Barcelona, Andorra e…Provence – 7 dias.
    Pensei em Carcassone, Moustier-Sainte-Marie, Verdon, um passeio pelo Lago Saint-Croix e outras cidadelas. Minha opcao e alugar um carro. Meu marido e e eu adorsmos cidadezinha pacatas, para ver o tempo passar.Estou meio perdida com tantas opcoes. Tbem gostaria de conhecer Arlex, Aix, Albi…Pela historia e moradia de pintores que aprecio.
    Pode me dar sugestoes??? Sei que sao muitas duvidas… Obrigada!!!
    cCelia Marina

  20. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Simone!
    Todas as informações que você pediu estão no blog, com excessão de hospedagem, estou preparando um post especifico sobre o assunto. Você pode navegar pelo Índice e encontrar os posts, ou usar a caixa de pesquisa. Se quiser um roteiro personalizado, entre em contato por email que te passo um orçamento segundo seus critérios.
    Abraços!

  21. Natalia Itabayana Junqueira de Mattos

    Oi Celia!
    Realmente entendo que seja tarefa dificil decidir quando vir, cada estação tem muito a oferecer, vale privilegiar seus interesses e conciliar com as visitas que pretende fazer.

    Fiz uma alteração no texto com relação ao mês de maio e os campos de lavanda: o mês mais certo pra vê-los é julho, este ano mesmo no início de junho ainda não estavam floridos.

    Se pretende vir de Barcelona e Andorra, pare dedique um ou dois dias a Carcassonne http://www.destinoprovence.com/2012/01/carcassonne.html
    E em 7 dias acredito que conseguira visitar os lugares na Provença que mencionou, alugando carro realmente é mais indicado pra ir às Gorges du Verdon e Moustiers-Sainte-Marie.

    Vocês podem usar Aix como base para hospedagem, a cidade fica praticamente no centro do departamento e tem acessos pra autoestradas. Arles pode ser um bate-volta, por exemplo.

    Se tiver mais duvidas, estou à disposição.

    Abraços!

  22. Anônimo

    Oi Natalia, b.noite!!!
    Faz uma linda noite em Niteroi/RJ.
    Muito obrigada pela sua atencao e rapidez em responder tantas questoes. Mas, o seu texto e tao agradavel e atrativo, que me fez viajar antecipadamente.
    Adorei a sua sugestao de Carcassone, queria mesmo ve-la iluminada.
    -Tenho duas possibilidades: Maio ou setembro. Li que no primeiro final de semana de setembro ocorre a ultima poda de lavandas. E real? Queria muito ver as lavandas. Adoro flores.
    -Qual a sua opiniao para aproveitar mais a Provenve???
    -Saindo de Barcelona, acha que vou aproveitar mais ja com o carro ou uso outro meio de transporte ate a Franca? Penso na otimizacao do tempo, mas tbem na mobilidade de um carro.
    -Outro detalhe: Vcs possuem algum convenio ou similar com hoteis??
    Desculpe, mais uma vez, mas e impossivel nao perguntar.
    Parabens pelo belo trabalho e que sua permanencia na Provence seja de muita alegria.
    abc
    Celia Marina

  23. Natalia Itabayana

    Ei Celia!

    Setembro não tem mais nenhum campo a ser colhido, a destilação da lavanda começa no final de agosto, e ainda é possivel vê-la no inicio de setembro, mas os campos ja estarão com os arbustos completamente sem flores. O que não impede a visita às plantações, a paisagem muda um pouco, mas é muito bonita.

    Com relação ao carro, o caminho entre Barcelona e Carcassonne é percorrido em 3 horas, e a paisagem é muito bonita. Se passarem por Andorra, são duas horas até la, e outras duas horas até Carcassonne.

    Temos uma parceria com o Booking, é o site que usamos pra reservar os hoteis em nossas viagens, você pode fazer reservas direto pela caixinha amarela no lado direito aqui no blog, não paga nada mais por isso e ganhamos uma comissão. Estou montando um post com sugestões de hospedagem em Aix-en-Provence e vou publicar em breve!

    Abraços e obrigada pelas palavras carinhosas!

  24. Anônimo

    Natalia,
    Mais uma vez, obrigada pelas informacoes e gentileza.

    Obrigada por informar o tempo de viagem de Barcelona/Andorra/Carcassone.

    Poderia seguir, apos um pernoite em Carcassone + 1 dia pela cidade ate Aix.
    O que acha?
    Mais uma perguntinha: Como sou apaixonada por flores, em set, verei outras paisagens floridas que nao seja os campos de lavanda?

    QTO ao Booking, tem sido a minha ferramenta usual para reserva de hoteis.
    E muito confiavel e traz informacoes bastante detalhadas.

    Uma excelente noite para vc.
    Abc
    Celia Marina

  25. Anônimo

    Olá, Natália, gostei muito do seu blog!
    Pretendo viajar para o sul da França em janeiro, gosto de andar pelos lugares e ficar mais tempo em cada lugar, bem como viajar quando os lugares não estão tão cheios e não tão quentes. Estou pesquisando e resolvi ficar mais tempo em Aix en Provence. Mas pensei em pernoitar também em Marseille, Carcassone e Avignon e Lyon! Mas então me falaram em Saint Paul de Vence e Cassis! Vc acha que dá pra andar por estes lugares? Ou é difícil no inverno andar pelas cidades para ver as coisas a pé? Fiquei na dúvida!
    Obrigada pela atenção!
    Valéria

  26. Natalia Itabayana

    Oi Valéria!

    Se você esta habituada ao friozinho, não vejo problema, exceto o fato dos dias serem curtos e isso te deixa com um tempo mais curto pra fazer as caminhadas. Aqui na Provença temos o vento mistral que pode ser muito frio e dificultar os passeios, mas basta programar seu tempo ao ar livre em função dos dias que o vento sopra. Pra isso, fique de olho no diagrama que indica quando o mistral sopra http://www.vigilance-meteo.fr/fr/meteo/vents-regionaux/le-mistral.html Quando a curva esta pra baixo, ele vai soprar, prepare-se!
    Saint Paul de Vence é uma cidade muito turistica, repleta de galerias de arte, bonitinha mas acho que entre ela e Carcassonne, fico com essa ultima pra visitar no inverno, porque tem historia e um belo castelo pra visitar (é importante prever passeios em lugares fechados pra escapar do frio, o que não é muito o caso de Saint Paul, que acho mais indicada pra ser visitada em dias mais longos e de temperaturas amenas, paisagem que inspirou os artistas que pintaram a região).

    Quanto ao trio Aix-Marseille-Cassis acho uma otima escolha, mas você não precisa necessariamente pernoitar em Marseille, pode fazer um bate-volta de Aix, o ônibus que liga as duas cidades faz o trajeto em meia hora. Sugiro pernoitar em Avignon, e pode seguir pra Lyon ou de Avignon ou de Aix, ou então se vier de Paris, pare primeiro em Lyon, depois em Avignon, venha pra Aix-Marseille-Cassis e veja se compensa esticar até Carcassonne (são 300km de Aix).

    Sobre Lyon, recomendo o excelente blog da Mirelle, que mora na cidade http://www.13anosdepois.com

    Abraço!

  27. Anônimo

    Muito obrigada, Natália, pela sua atenção e super dicas! Vou pesquisar! Nós amamos ver as paisagens, a arte, a gastronomia e seus habitantes! Sim, Carcassone! E pensamos em fazer de trem, pois queremos realmente nos despreocupar em ter que procurar rotas e estacionamentos etc. Olhar pro céu e pras paisagens somente kkkkkk Obrigada, Valéria

  28. Anônimo

    Olá Natália!

    Que descoberta maravilhosa que foi seu blog! Obrigada por dividir isso conosco! A viagem dos meus sonhos é conhecer a Provence, e acredito que este ano conseguirei!
    Sei que você não é meteorologista, rs, mas pela sua experiência, estou planejando em desembarcar por aí 20/06 com retorno ao Brasil em 05/07, neste período os campos de lavanda estarão floridos? Já li do início ao fim o Routes de la Lavande e eles sinalizam a época da florada, porém, já colocam ressalvas sobre as condições climáticas de cada ano.

    Pretendo visitar Provence e Côte D'azur, iniciando por côte d'azur justamente para dar mais dias para floração da lavanda. Sei que Provence é muito mais que lavanda, mas caso não esteja florida neste período, prefiro viajar no ínicio de junho e pegar temperaturas mais amenas para degustar um bom vinho francês.

    Obrigada,

    Juliana

  29. Natalia Itabayana

    Ei Juliana!

    As datas que você falou tem grandes chances de ver os campos de lavanda sim, principalmente no início de julho. Mas realmente as condições climáticas ditam o ritmo da florada, e ainda não sei dizer se este ano teremos "atrasos" como aconteceu ano passado. O inverno está muito chuvoso por aqui, não tão rigoroso como foi ano passado, mas tudo depende na verdade da chegada da primavera, vale acompanhar e aguardar cenas dos próximos capítulos.

    De qualquer forma, você poderá fazer o passeio com tranquilidade, porque as férias escolares francesas começam no dia 05/07, dia que você escolheu retornar ao Brasil, então vai pegar uma época de fluxo médio de turistas, mas não a multidão que geralmente circular durante a alta temporada, que é entre 15 de julho e 15 de agosto.

    Abraço!

  30. Daniele

    Oi, Natália,
    Fantástico o seu blog! Não só pela qualidade das informações, mas também pelo cuidado com a escrita e a generosidade em compartilhar as informações. Suas dicas são preciosas e estão me ajudando muito a organizar minha viagem. Estarei em Provence entre os dias 18 e 21 de junho, de dedos cruzados para ver a floração das lavandas… Serei leitora frequento do seu blog até lá. Obrigada!

  31. Unknown

    Oi Natália!
    Gosto muito do teu blog.
    Eu e meu marido vamos em maio/2014 para a Provence. O roteiro principal é Marseille(4 diárias), Aix(4 diárias) e Avignon(3diárias). Vamos alugar um carro em Marseille porque queremos fazer percursos pelo interior. Podes nos dar sugestões de lugares imperdíveis.
    Muito agradecida.
    Doris

  32. Natalia Itabayana

    Oi Doris!
    Todos os destinos na Provença que ja visitamos estão listados em "Provença" e você pode ler mais clicando na foto das lavandas no menu do lado direito, e também citei varios passeios neste post. Acho que a Provença inteira é imperdivel, mas recomendo os vilarejos provençais de Baux-de-Provence, Gordes, Roussillon, Lourmarin e Châteauneuf-du-Pape, além da belissima Cassis!
    Abraço!

  33. Natalia Itabayana

    Oi Daniele!
    Também fico na torcida pra que você consiga ver as lavandas, tomara que as temperaturas continuem como estão agora, assim pode ser que consiga vê-las!
    Abraço!

  34. Unknown

    Ola Natalia,
    Como posso ficar sabendo quando acontecerao Os jogos romanos ,o carnaval de Aix e a feira medieval em Saint-Maximin? Irei para Para la no final de Abril de 2014. E gostaria muito de levar meus filhos aos jogos romanos. Da para levar criancas de 4 e 6 anos?
    Abraco
    Melisa

  35. Natalia Itabayana

    Ei Melisa!

    As datas dos eventos de 2014 estão informadas nos respectivos posts, que atualizei recentemente. Crianças são mais que bem-vindas, e tem tarifas especiais para os jogos!