Nosso roteiro pela Normandia com bebê e cachorro

Em março de 2016 fizemos uma viagem de 6 dias pela Normandia com paradas em Paris. Fomos de trem até Paris e de lá seguimos de trem até Rouen, nossa primeira parada, e em seguida até Le Havre. Essa foi nossa segunda viagem com o Victor – a primeira foi em dezembro de 2015 quando fomos passar o natal na Suíça. Foi também a primeira vez que viajamos com ele praticamente o tempo todo de transporte público (só alugamos carro por dois dias) e que nos hospedamos em hoteis com ele e a Luna, e foi uma experiência muito interessante, apesar de cansativa, não vou mentir.

Viajando leve com bebê

Eu e Bernardo viajamos leve há mais de três anos, ou seja, uma mochila de tamanho que vai na cabine de avião pra cada um, isso dependendo do tempo da viagem, porque podemos levar uma mochila pros dois. O desafio com a chegada do Victor é manter esse estilo de viagem, e vimos que sim, é possível. Levamos duas mochilas pra ficar 9 dias viajando pela Normandia e Paris: uma mochila era só pro Vic (e com rodinhas, porque carregar ele mais a mochila é exercício que reservo aos sherpas do Himalaia) e uma mochila só com nossas coisas – desapego é um longo aprendizado, e fiquei bem satisfeita com meu nível atual de desapego. Luna tem a bolsa de viagem dela, onde foi sua coleira, roupa e carregador, que foi usado e arrancou muitos risos e fotos por todo lugar onde passamos.

Saiba mais sobre como viajamos leve com bebê e sem levar carrinho nessa viagem pela Normandia

Por fim, usamos apenas o carregador do Victor, uma echarpe que mede 4,60m e que foi o melhor investimento que fiz em termos de artigos pra bebê (só não vendo o carrinho dele ainda porque uso pra carregar compras na feira e levo o Vic comigo nos treinos de corrida, corro empurrando o carrinho). Eu e Bernardo revezamos o carregamento de Vic e Luna durante os passeios (ela anda né, mas tem que conciliar ela com as fotos e vídeos, então ela também foi carregada no seu canguru), e quando mudamos de destino um levava o bebê e a Luna, e o outro levava a bagagem. Alugamos o carro com uma cadeirinha de bebê que escolhi na hora, e percorremos uns 500km de carro em dois dias, o que nos facilitou bastante por termos mais liberdade de escolha dos trajetos e luagres a serem visitados sem depender tanto dos horários dos transportes.

 

Algumas questões práticas sobre viajar de trem com bebê:

Trem: ele não pagou passagem em nenhum trajeto, pois viajou no colo. Luna também não pagou passagem nos trens regionais, apenas no TGV de Aix à Paris.

 

Primeira viagem de trem do nosso mini viajante aos 7 meses

Hospedagem: foi muito fácil conciliar bebê e cachorro na busca por hoteis, tivemos muita opção de escolha e tarifas muito atrativas por ser baixa temporada (fim de março), e nos hospedamos em dois hoteis em Paris (um três 3 estrelas e um hotel 4 estrelas), um hotel em Rouen e um hotel em Le Havre.

Alimentação: ele completou 7 meses durante a viagem, então ir com ele a restaurantes foi mais tranquilo porque ele eventualmente experimentou nossa comida. Não tivemos de nos preocupar com comida especial pra ele porque era amamentado na época da viagem.
Bagagem: embarquei o essencial pra ele contando os dias de viagem e duas trocas de roupa por dia (vai que acidentes regurtitantes acontecem, né, melhor prevenir). Como estava bem no começo da primavera e com temperaturas mais frias, levei três grandes macacões super forrados pra vestir nele enquanto estivesse no sling (ou seja, a maior parte do tempo). Lavei a roupa dele na hora do banho e usei os aquecedores do quarto nos hoteis pra secar, inclusive um dos macacões foi lavado à mão durante a viagem. Pra proteger ainda mais do frio, também investi numa capa que cobre o bebê no sling, mas ela foi esquecida no trem no trajeto de volta (fuén fuén fuén).

Roteiro pela Normandia e Paris

  • Dias 1 e 2: Chegada em Paris dia 19 de março, onde passamos uma noite, passeamos pelos arredores do nosso hotel e visitamos a Coulée Verte, jardim criado numa antiga linha de trem que inspirou o High Line de Nova Iorque – assista o vídeo abaixo e veja um pouco do nosso primeiro dia de passeio! No dia seguinte, passeamos pela Place de la Concorde, Palais Royal onde encontramos amigos, e no fim do dia seguimos para Rouen.
  • Dias 3 e 4: Trem de Paris para Rouen: seguimos para Rouen, saindo de trem da Gare Saint Lazare. Passamos duas noites em Rouen, e pudemos visitamos a cidade com bastante tranquilidade – leia o post sobre nosso passeio em Rouen com vídeo.
  • Dias 5, 6 e 7: Seguimos pra cidade do Havre, que foi nossa base no litoral normando por três noites. Visitamos Étretat, Honfleur e Deauville (com passada por Trouville) no primeiro dia. No segundo dia mudamos o roteiro para incluir Caen e Sword Beach, uma das praias do desembarque e foi uma surpresa maravilhosa essa mudança de útima hora, pois nos encantamos com Caen e a praia de Sword Beach com suas homenagens aos soldados da liberação. O terceiro dia foi dedicado à conhecer a cidade do Havre, outra grande surpresa nesse roteiro pela Normandia.
  • Terminamos nossa viagem com uma última noite em Paris, e no dia 27 de março embarcamos no TGV de volta pra Provença.

O primeiro vlog da viagem está no nosso canal no Youtube e também pode ser visto no final deste post!

 

 

3 Responses

  1. Mariana Dutra

    Oi, Natalia. Que bacana a experiência. Moro na Espanha e estou indo viajar pra França com meu cachorro em setembro. Fiquei na dúvida se há alguma legislação específica para o transporte de animais no veículo ou basta usar o cinto de segurança para cães. Você sabe algo sobre isso? Um abraço!

    • Natalia Itabayana

      Ei Mariana!
      Eu levo na caixinha de transporte (é uma bolsa na verdade) ou prendo a coleira no cinto de segurança. É importante que eles estejam presos no carro, e que você tenha o passaporte do animal (todo animal aqui na Europa tem, é passaporte/carteira de vacina tudo junto)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.